A irmã da mulher do chef…em ação

Ela estava me devendo um vídeo, já há muitos anos (mentira, mas há um tempinho pelo menos, estava sim). Eu sempre achei o máximo, a concepção do canal dela no You Tube e sempre me convidei para fazer uma pontinha. Vídeos de culinária, protagonizados por uma ilustre sem noção na cozinha, que por um acaso é casada com um chef estrela Michelin. Pode isso?!

Mariana, minha irmã nunca soube fritar um ovo, aliás eu não me lembro de ter visto ela cozinhando qualquer tipo de prato em casa, na época em que morávamos sob o mesmo teto. Sempre nos virávamos com o básico e engordativo macarrão instantâneo e, olhe lá.

Agora, desde que ela foi morar em Barcelona, por conta do matrimônio (vocês podem ver AQUI), precisou dar um jeito nesse quesito em sua vida. Ainda que, o marido um chef renomado, seja um dos melhores cozinheiros da atualidade, ela precisava diariamente comer, se alimentar, sem a sua ajuda.

Explico, Sergio trabalha muito e, quem tem restaurante, sabe o quanto é preciso se dedicar a ele. Conclusão, tudo o que ele não queria fazer em casa, era cozinhar. Ou seja, Mariana entrou em ação, mas não sem antes fazer uso de toda a expertise do marido.

Então olhem só, ela “obrigou” o Sergio, a ensiná-la as técnicas de sua cozinha, mas ensinar não era suficiente, precisa registar sua trabalhadas  performance para a posteridade. Com o tempo, ela até que pegou o jeito, quer dizer, ela melhorou, vai?!. Não vamos exagerar, né?!

Já, a minha pessoa continuou a investir no macarrão instantâneo, até porque eu ODEIO cozinhar. Olha, me coloca pra lavar a louça, mas não para cozinhar, ok?!

E sabendo de tudo isso, ele, o Sergio nos desafiou a preparar um prato super simples – Feijoada – tá bom pra vocês?!! Realmente, foi um grande desafiou, aconteceu de tudo, quase explodimos a cozinha, mas eu não vou contar mais nada, se quiserem saber do resto desta estória verídica, vão ter que assistir ao vídeo, afinal estamos aqui para isso, né?!!

*Essa gatinha no meu colo, se chama Greta – minha afilhada – linda, que fez uma pequena ponta no vídeo.

Aproveitem, se divirtam com as irmãs Micheletti’s!!!

Vídeo: A Mulher do Chef

Grávida pode pintar o cabelo?!

Hoje fui levar a minha irmã, Mariana  — que chegou recentemente de Barcelona, exclusivamente para apresentar a sua barriguinha de 7 meses à família — ao salão fazer reflexo.

Eu sei que, muitos médicos preferem que suas grávidas não pintem os cabelos, mas assim como estes, existem aqueles que depois do terceiro trimestre de gestação não veem problemas. O assunto é polêmico e controverso, eu tirei um trecho de uma matéria do site Baby Center, onde explica bem o assunto e para quem quiser ler na íntegra e só ver aqui.

  • “O pouco que se sabe aponta que é provavelmente seguro pintar o cabelo na gestação. A Organização de Serviços de Informação sobre Teratologia (Otis, na sigla em inglês), uma rede internacional que divulga dados sobre possíveis riscos na gravidez, afirma que não há relatos de que tinturas de cabelo tenham provocado mudanças na gestação. O órgão ressalta também que muito pouco da química das tintas é de fato absorvido pelo corpo”. 

Continuando, (após o ok do médico dela) a Mariana, queria ficar bem loira pra chegada da Greta, fomos então, no Studio W entregar suas madeixas na mão do  hair stylist J.Alvim. O cabelo dela estava com uma raiz bem grande da cor do cabelo e a diferença no final de todo o processo, foi enorme.

Vamos confessar que não é fácil ficar sem pintar os cabelos, quando eu fico com alguns dedinhos de raiz, já me incomodada muito, imagina ficar 7 meses sem?!

Com vocês o ANTES e o DEPOIS da futura mamãe Mariana, se preparando para chegar linda e loira na maternidade.

ANTES

Depois

Mariana e J.Alvim

Fotos: DQZ by LuMich