LuMich em Aspen O Vlog

Resolvi me aventurar mais uma vez pelos vlogs da vida, dessa vez minha aventura foi por Aspen, no Colorado. Eu conto um pouquinho sobre a minha temporada na neve, e, eu confesso a todos vocês, que esquiar não é definitivamente minha paixão, mas é a do meu marido, ou seja eu sou “obrigada” a frequentar estações de esqui pelo mundo a fora, passar frio (quase congelar) e esquiar o dia todo, sem descanso (ok, exagero meu).

Meu nível no esqui é razoável/médio/pista verde, com possibilidades de idas eventuais para a pista azul, obviamente, quando o meu medo é controlado, permitindo tal façanha. Já, a minha turma, se encontra em outro patamar, o que ocasiona uma certa desigualdade esportiva entre nós, porque eu nunca consigo e não conseguirei descer uma pista preta na minha vida, nem que eu viva 100 anos, eu descerei. Pra quem não sabe, a tabela das pistas é a seguinte:

Pista Verde: Ok.

Pista Azul: Hum, tá eu vou descer.

Pista Vermelha: O que?!! não, não dá.

Pista Preta: Xzussss, vou morrer.

Pista Double Preta: Morri.

A rotina em uma estação de esqui é seguinte, pensa no exercito, pensou?! antes que falem, eu não fiz exercito, mas meu irmão fez, então vou fazer a comparação. Disciplina militar. Acordo cedo, olho pela janela, vejo aquela neve toda, olho a temperatura no Iphone e rezo pra estar abaixo de -20* Celsius – assim quem sabe todos desistem de sair para esquiar – não, não está -20*, apenas -15*, obaaaaa #sóquenão, vamos esquiar.

Em seguida, chega a hora da vestimenta, um verdadeiro inferno na terra. São camadas e mais camadas de calças e blusas, luvas e óculos, além da bota de esqui, que provavelmente deve pesar uns 5 quilos. Ao sair do lado de fora do hotel, entrando em contato com o ar, meu nariz começa e escorrer sem parar, minha pele resseca e meu pé começa a gangrenar, depois de um certo período.

Sweden's Henrik Harlaut slides during men's freestyle skiing slopestyle qualification round at 2014 Sochi Winter Olympic Games in Rosa Khutor

Assim, começa o meu dia: sobe, desce, sobe, desce, sobe, desce, sobe, desce, sobe, desce. Paro para o almoço, devoro um hamburguer com batatas fritas, tomo um chocolate quente (engordo um monte) e, volto para a pista de esqui. O final da tarde vem chegando e o frio aumentando. Eu sento naquela cadeirinha congelante, o famoso ski lift (teleférico), que me leva lá pro céu, o vento bate na minha cara sem dó, minhas luvas não dão conta de esquentar as minhas mãos e finalmente, eu chego ao topo da montanha.

Começo mais uma descida, meu corpo vai entrando em hiportemia e eu começo a rezar para dar tempo de chegar no final da pista, durante a descida eu imagino ser perseguida por uma avalanche mortal ou penso que, um acidente pode acontecer a qualquer momento comigo, me levando para o fundo de uma fenda, onde eu nunca mais serei achada, minha morte será lenta e solitária.

tumblr_nbe6b8Dc471softkko1_500

Finalmente, eu chego sã e salva, Graças a Deus a pista vai fechar e, eu vou poder me esquentar. Tiro aquele monte de roupas e desmaio na cama. Mas antes eu penso, durma bem, viu?! porque amanhã tem mais.

Gostou?! vai querer esquiar?! tenho certeza, que sim! aproveita e assiste o vídeo, tá?!

Fotos: DQZ/ Edição: Bruno Lima

BRAZUCADA REUNIDA

Pra quem não sabe estou de férias e nesse exato momento me encontro em Snowmass, que fica no Colorado/ EUA.

Pra falar a verdade se não fosse pelo frio polar, talvez eu pensasse que o Brasil é aqui, afinal a “brazucada” invadiu este pedacinho de terra cercada por montanhas de neve.

Se não quiser cruzar com seus compatriotas, fuja de ASPEN/ SNOWMASS!!!

Fiquei pensando o que leva essa galera a vir pra cá, afinal não faltam lugares para a prática de esqui ao redor do mundo, certo?! a melhor resposta seria a minha, também faço parte da brazucada, mas como socióloga “aposentada” prefiro entender o fenômeno por ele mesmo.

SNOWMASS

Vamos as hipóteses:

1- Snowmass é perto do Brasil?!

Não. é um longo vôo.

2- Snowmass é uma viagem em termos finânceiros razoável?!

Absolutamente, não. Pela minha experiência é o ski lift mais caro que eu já paguei em uma estação de esqui.

3- Snowmass tem boas montanhas para se esquiar?!

Sim, muitas para vários níveis.

4- Snowmass tem opções para restaurantes?!

Juntando com a vizinha Aspen que fica à apenas 20 minutos, sim.

5- Snowmass tem shopping?!

Além do Mall de Snowmass e das lojas de rua de Aspen, tem shopping pra muita gente ser feliz por aqui.

6- Snowmass tem bons hotéis?!

Sim, o meu por exemplo tem uma excelente localização, fica literalmente na pista, ou seja é de uma praticidade ímpar.

WESTIN HOTEL

(vista do meu quarto)

ASPEN

Enfim, podemos dizer que SNOWMASS tem montanhas variadas para todos os níveis de esquiadores, uma vasta opção de restaurantes e lojas, ou seja, tudo o que a brazucada gosta…acho que descobri o segredo do lugar. Será?!

BUS SERVICE TO ASPEN

(esse ônibus sai de 15 em 15 minutos e é de graça! #ficaadica)

Fotos: DQZ