Estilo Inspiração

 

Sair vestida como as meninas da MARIE CLAIRE ao estilo dos anos 50 não dava, né?! até, porque saindo do evento eu tinha um noivado para ir.

Então, meu figurino ou melhor, o meu look para o evento, foi uma mistura monocromática inspirada na série MAD MEN dos anos 60. Eu explico.

Apesar da cintura ser muito marcada na década de 50, com  aqueles vestidos de saias armadas, ao qual chamamos de ” bolo de noiva”, já na década de 60, a silhueta começa a se soltar um pouco mais do corpo.

Estilistas como André Courrèges e Pierre Cardin, invadem a moda com propostas mais joviais e com novas formas, como o vestido tubinho e o vestido em A.

Sendo assim, meu vestido Diane Von Furstenberg, de certo modo atingia a esse pré-requisito da época. Como naquele dia o frio resolveu dar as caras, eu usei um blazer da NK Store, que comprei há vários anos atrás e que sempre faz parte das minhas produções. Eu acho ele super versátil.

E para dar um ar mais retrô ao meu visual, eu optei pela minha mais nova paixão, meus sapatos Mary Jane ou boneca, como preferir chamá- los.

Então, com vocês meu look inspiração!!

Fotos: DQZ

Marie Claire Inspiração

LuMich – ” EU VIM E VENCI”!! 🙂

Quando eu soube, que a revista Marie Claire estava trazendo a figurinista da série MAD MEN, Janie Bryant, para dar uma palestra no Brasil, eu disse ” essa eu não perco”.

Tentei de todos os meios conseguir um convite, mandei email, mandei inbox pelo face, enfim até participar do concurso cultural da revista, eu participei. Decepcionada, triste e sem convite, resolvi guardar o meu burrinho na sombra.

Horas antes do evento, não sei por que cargas d’água, eu resolvi olhar a minha caixa de spam (do meu email) e qual não foi a minha surpresa?!!

A minha frase tinha sido escolhida, eu tinha vencido o concurso cultural, ganhado o convite que eu tanto desejava e de quebra, ainda poderia levar um acompanhante ao evento.

Fiquei MUITO feliz e corri pra Casa Petra, lugar do evento. Assisti a palestra da Janie, que contou um pouco da sua trajetória como figurinista, da influência da sua avó, uma exímia costureira. Da sua coleção de Barbies às roupinhas de Poodles, que desenhou.

Ela nos contou, como assumiu a criação do figurino da série e ainda, disse “É minha responsabilidade contar a história do personagem através da sua roupa”, confessa Janie, que se surpreendeu com o enorme sucesso mundial da série e principalmente, o modo como passou a influenciar “fashionisticamente” as pessoas, com o estilo dos anos 50 e 60.

Para encerrar, ela disse que no futuro pretende se dedicar a sua marca de roupas.

Em seguida uma mesa redonda com as figurinistas brasileiras Gogóia Sampaio, Marília Carneiro e Kika Lopes, juntamente com Janie, iniciou um debate sobre as experiências individuais em cinema e novela, de cada uma.

JANIE BRYANT – vestida de Carlos Miele

Figurino de MAD MEN

A mestre de cerimonia – FERNANDA YOUNG devidamente vestida à caráter

As brasucas – GOGÓIA SAMPAIO, MARÍLIA CARNEIRO e KIKA LOPES

Love, LuMich

Fotos: DQZ e Reprodução