Como explorar Dubrovnik

Essa é a última parte da minha viagem pela Croácia, meu último destino antes de voltar para casa, já saudosa de deixar este lugar que me impressionou pela beleza e gentileza de seu povo.

Sem dúvida esse país, que lutou em uma guerra por independência tão recente de 1991 a 1995, marcada pela brutalidade e com traços nefastos de limpeza étnica, em uma sociedade desenvolvida. Conseguiu em pouco tempo se reerguer e trazer aos poucos o turismo de volta a esta cidade considerada Património Mundial concedida pelo UNESCO, mesmo depois de sofrer inúmeros bombardeios pesados e incessantes, por parte das tropas iugoslavas – DUBROVNIK – foi reconstruída com apoio da União Europeia, em curto período de tempo e voltou a receber turistas de todas as partes do mundo.

Vou começar a minha apresentação da “cidade velha” pela MURALHA, que foi pra mim o passeio mais divertido, interessante e desafiador, tendo em vista seus 2 quilômetros de sobe e desce, em um dia super húmido, onde o calor entrava pelo poros e não dava um minuto de trégua, nem mesmo no final quando a chuva ensaiou algumas gotinhas abafadas de água.

A Muralha - Dubrovnik - DQZ - Croatia Dubrovnik - A Muralha - DQZ - Croatia - LuMich - Luciana Micheletti SAMSUNG CAMERA PICTURES SAMSUNG CAMERA PICTURES SAMSUNG CAMERA PICTURES  A vista é um presente a parte, é realmente impressionante imaginar a construção em pleno século X de uma muralha desse porte e tamanho, em alguns pontos eles atingem 25 metros de altura e 6 de largura.

Essa é a Grande Fonte de Onofrio, um dos monumentos mais conhecidos da cidade, localizado bem na praça junto ao Portão de Pile. Construída em 1438-44 pelo arquiteto napolitano Onofrio de La Cava, responsável pelo projeto de canalização do Rio Dubrovacka.

Untitled SAMSUNG CAMERA PICTURES

Estou MUITO cansada de andar, agora eu preciso dar uma parada para um mergulho, e, esse mar de Dubrovnik é o melhor de todos que eu já fui nos últimos tempos, a água é perfeita, geladinha na medida certa.

DCIM100GOPRO

Depois o negócio é pegar uma cadeira e relaxar nas pedras…

Dubrovnik- Croatia - Villa Dubrovnik - SAMSUNG CAMERA PICTURES SAM_1003 2

Pronto, fôlego renovado para mais uma caminhada até a cidade, dessa vez o passeio é ao teleférico da cidade, com cabines laranjas que conduzem ao topo do Monte Srd, a uma altura de 405 metros. Seu trajeto leva apenas 4 minutinhos, por isso agilidade para tirar fotos e selfies!

 

 PELO CAMINHO

Dubrovnik - Cablecar - Croatia SAMSUNG CAMERA PICTURES SAMSUNG CAMERA PICTURES

 NO ALTO

Cablecar - Dubrovnik - Croatia SAMSUNG CAMERA PICTURES

E pra encerrar um dia maravilhoso, voltamos pra cidade para jantar em qualquer um dos vários restaurantes espalhados pelas vielas da Muralha e de seus Palácios como o dos Reitores, antigo centro político e administrativo do período republicano da cidade ou do Sponza, que um dia abrigou a casa da moeda, arsenal e sede de banco.

Dubrovnik - Croatia - DQZ SAMSUNG CAMERA PICTURES

Mas, não sem antes passar pela rua principal da cidade Stradun, chamada pelos locais de “placa”, ela chama a atenção pela pavimentação de calcário e por sua beleza.

Stradun - Dubrovnik - Croatia SAM_1084 2

Encerrando definitivamente o dia e toda essa “exploração” de Dubrovnik, no bom sentido é claro, chegou a hora de pegar o vaporetto e seguir para o hotel descansar.

SAMSUNG CAMERA PICTURES SAMSUNG CAMERA PICTURES

 DA JANELA DO MEU QUARTO

SAMSUNG CAMERA PICTURES

FIM

Fotos: DQZ

Gruta Verde & Gruta Azul no mar da Croácia

Vamos lá, se você veio pra Hvar, tire um dia para um passeio de barco, não tem como deixar de conhecer o litoral maravilhoso desse lugar ou as Ilhas de Pakleni, principalmente se eu te dizer que existe duas Grutas; a  verde e a azul, que são as coisas mais lindas desse mundo.

Gruta Verde é a primeira a chegar, nela você pode entrar de barco e mergulhar. Existe uma abertura no topo da gruta, que reflete o sol dentro dela em um único ponto.

Gruta Verde - Green Cave - Hvar - Croácia Gruta Verde - Green Cave - Hvar - Croácia SAMSUNG CAMERA PICTURES  Em seguida seguimos para a Gruta Azul, que assim como a Gruta Azul de Capri na Itália, são as únicas do mundo.

Essa gruta é patrimônio da humanidade, por isso não podemos mergulhar, nem tão pouco entrar com nosso próprio barco, tudo isso para a proteção da vida sub-aquática. É preciso, comprar o bilhete vendido no pequeno cais da ilha que abriga o serviço que gerência todos os turistas, levando e trazendo de volta da gruta em pequenos barquinhos.

O azul de dentro da gruta é realmente incrível, deixa as pessoas admiradas e faz valer ter ido tão longe só para ver um azul tão azul, afinal a gruta fica a milhas de Hvar, o que dá uma 1e pouco de barco.

Reparem, que a passagem é minúscula e todo cuidado é pouco. Dentro da gruta, muito silêncio, apenas os guias dão explicação sobre o local, enquanto nós turistas “tentamos” tirar fotos no escuro.

Gruta Azul - Blue Cave - Hvar - Croatia SAMSUNG CAMERA PICTURES SAMSUNG CAMERA PICTURES SAMSUNG CAMERA PICTURES IMG_7727 SAMSUNG CAMERA PICTURES Eu gostaria que as minhas fotos tivessem ficado melhores, ou que pelo menos conseguissem mostrar um pouquinho melhor a tonalidade do azul de dentro da gruta, infelizmente, eu acho que isso é tarefa para um fotógrafo profissional, com aquelas câmeras fotográficas capazes de poder passar o que é realmente esse azul, meu povo!!

SAMSUNG CAMERA PICTURES

E, depois de andar um bocado de barco, mergulhar, finalmente, tinha chegado a hora de almoçar.

Paramos em uma das muitas ilhas da região – não me pergunte o nome dela, eu não me lembro, nem que vaca tussa, mas tem um detalhe que eu aposto que se vocês perguntarem para os nativos eles certamente saberão dizer – Pergunte, sobre a ilha da jumenta Juliana, isso mesmo, a Juliana se parece mais com um cachorro, do que com uma jumenta, de tão a vontade com os turistas.

Comida caseira de primeira qualidade

SAMSUNG CAMERA PICTURES SAMSUNG CAMERA PICTURES SAMSUNG CAMERA PICTURES

Agora, vamos voltar a falar da Juliana, olha que cara de pau, ela entra no restaurante sem a menor cerimônia, se deita no chão e ainda recebi muitos mimos de todos. Isso sem contar, que é a estrela, afinal seu sorriso estampado no quadro fica em lugar de destaque para todo mundo ver.

Untitled

Hvar SAMSUNG CAMERA PICTURES SAMSUNG CAMERA PICTURES

Agora, a MELHOR SELFIE de todas – Juliana & Cora!!

SAMSUNG CAMERA PICTURES

Depois de um dia intenso e delicioso, de fazer novos amigos, é hora de voltar para o hotel e descansar um pouco, sim, um pouco porque a noite tem mais. Hvar não para, e a noite está apenas querendo começar…

Hvar - Croatia SAMSUNG CAMERA PICTURES

Fotos: DQZ

3 em 1 – Hvar culinária

Um é pouco, dois é bom e três é demais. Quem nunca, repetiu essa velha frase clichê, por aí?! pois é, por aqui em Hvar na Croácia, o que não falta é lugar muito bom para se comer, seja um lanchinho, um docinho ou um banquetinho – pra rima sair perfeita, não poderia parar só no docinho, não é mesmo?! 🙂

Vamos começar pelo Divino, que faz jus ao nome, simplesmente divino. Esse restaurante fica literalmente debruçado sobre o mar, com uma vista maravilhosa.

Nesse dia chegamos relativamente cedo para jantar, por voltas das 8:00 e assim, podemos aproveitar as diferentes cores do pôr do sol.

Sobre a comida, só tenho a dizer que todos os pratos foram excelentes, inclusive a sobremesa da chef Tea Mamut, nada mais nada menos, com 3 estrelas Michelin. $$$$

Hvar - Croácia

Hvar - Croácia

Hvar - Croácia

Hvar - Croácia

Outro sucesso de público e crítica, pela ilha de Hvar é o restaurante Passarola. Se você perguntar para o seu concierge a respeito de um bom restaurante, que serve comida típica da Dalmácia, certamente ele estará na lista, por isso, obviamente lá fomos eu e minha turma conhecer o tal restô.

Ele não decepciona, o ambiente é muito agradável, todo aberto, e, é claro, a comida de ótima qualidade. Eu comi camarões grelhados, sabe daqueles que você se lambuza toda pra comer e quando acaba quer mais?! pois bem, minha noite foi muito agradável. $$$$

Hvar - Croácia -

collage

Mulher adora aquele docinho, eu particularmente não passo sem um. Quando eu estava andando pelas ruazinhas do centro, eu descobri essa confeitaria super charmosa e resolvi voltar para comer a sobremesa.

Então, parei na Nonica e pedi pra variar uma torta de limão – conselho – se não quer viciar, não experimente, é melhor, porque a torta é muito boa.

collage

collage

collage

Deu água na boca, hein?!! Hvar além de linda tem uma deliciosa culinária, vale a pena degustar!!

Fotos: DQZ