A minha festa de Babette no Dos Cielos

Para encerrrar meus posts sobre a maravilhosa cidade de Barcelona — da qual  já sinto saudades — deixei para o final uma das experiências mais saborosas e prazerosas desta viagem. Comemorei o aniversário de 15 anos do meu filho (isso mesmo, já tenho um filho dessa idade), com um jantar que muito me lembrou um filme que até hoje mexe comigo: A Festa de Babette, de Gabriel Axel.

Para entender essa ligação, vou falar vagamente sobre o filme. A história de Babette se passa em 1871 na Dinamarca. Fugida da guerra,  ela, Babette se emprega na casa de duas solteironas e, anos mais tarde, ao saber que tinha ganhado uma fortuna na loteria, resolve gastar o dinheiro do prêmio realizando um banquete em comemoração ao centésimo aniversário do pastor.

Até hoje fico admirada em ver a dedicação de Babette, ao escolher os melhores ingredientes, ao preparar os pratos com a mesma precisão de um cirurgião, e foi isso que eu senti no Dos Cielos.

A arte, a paixão e a disciplina com que os chefs Sergio e Javier Torres se dedicam à gastronomia me comoveu, como no filme de Babette. Sentar na mesa do chef e ser agraciada por um menu degustação de sete pratos, foi o ponto alto de nossa viagem. Toda a preparação do jantar pode ser vista, afinal, a cozinha é aberta para o salão e nosso lugar VIP nos dava a dimensão exata do funcionamento daquela “indústria gastronômica”, onde tudo funciona em perfeita sincronia.

Lá no Dos Cielos eles inventaram um programa de computador chamado sensografia, que serve para você expressar todas as suas sensações, emoções sentidas a cada prato e, no final, o resultado é uma tela pintada por suas próprias emoções. Na minha tela tem amor, carinho, saudades, irmã, suavidade, doçura…

Terraço do Dos Cielos

me-terraza-dos-cielos

dos_cielos_restaurant_1_jpg_630x630_upscale_q85

A mesa dos chefs e a cozinha ao fundo

dos_cielos

Sergio e Javier Torres

photo-5

Nossa comemoração, nada mais nada menos que na mesa dos chefs!!!

Screen-Shot-2012-02-27-at-7.42.09-PM

Dos Cielos
Hotel ME Barcelona
Pere IV, 272 –
286 08005 Barcelona
Reservas: 93 367 20 70

Fotos: Reprodução / DQZ

Casamento (vestido) em Barcelona

Minha querida irmã Mariana, numa bela noite em São Paulo, conheceu um espanhol, se apaixonou por ele, namorou e resolveu casar com ele.

Num dado momento, ela anunciou o mês, o dia e a hora das suas bodas – detalhe, o casamento seria em Barcelona – e lá fomos nós para o seu matrimônio. Família, alguns poucos parentes e amigos queridos do Brasil também fizeram parte da caravana. Chegamos com uma semana de antecedência para organizar os últimos detalhes… desculpa esfarrapada, fomos aproveitar mesmo, porque a cidade é maravilhosa, e meu futuro “cunhadinho” é nada mais, nada menos, que o estrelado chef de cozinha Sergio Torres, do renomado Dos Cielos.

Não preciso dizer que comemos muito bem, seria totalmente redundante, Sergio nos levou a lugares fora do circuito turistíco, um deles eu não posso falar o nome… é um daqueles restaurantes que só convidados estão autorizados a entrar. Eu comi um arroz de pescado, e simplesmente não tenho palavras para descrevê-lo!!

Outro restaurante excêntrico onde o Sergio nos levou ficava a alguns quilômetros do centro de Barcelona, nas montanhas. O taxista teve certa dificuldade para encontrar o lugar. Além do visual divino, o nosso chef nos ensinou a façanha de preparar um típico pão com tomate – para mim, que odeio cozinhar, devo confessar que adorei a praticidade do prato. Teve também uma noitada na Luz de Gás, boate do momento, em que dançamos muito, já nos preparando para o ritmo do casamento…

Mas, o mais dramático ainda estava por vir. Eu encasquetei que o vestido que eu tinha trazido não estava do meu agrado, não era bonito e resolvi procurar outro, e isso a apenas algumas horas da festa! Minha fiel escudeira, e Zen total, Fernanda teve aquela paciência que lhe é peculiar e foi às compras comigo, enquanto nossa prima Roberta fugia para a Casa Batló.

Pra facilitar nossa busca, fomos a um grande magazine, El Corte Inglés , andamos por todos os seus nove andares e no último, quando eu já havia perdido as esperanças, ZenFê aparece com “O” vestido nas mãos… Era maravilhoso, cheio de paetês, manga comprida estruturada por uma ombreira interna e curtinho, do jeito que eu gosto – eu estava salva!

Mas, um detalhe havia escapado de nós: os sapatos. Claro, não dava pra tudo ser perfeito. Eu resolvi então que faria uma maquiagem daquelas, assim o foco seria do vestido pra cima, porque o sapato definitivamente não tinha nada a ver. Descendo as escadas rolantes, num gesto dramático, eu e Fê nos entreolhamos e soltamos um grito, AAAHHH!! Achamos o sapato, eu corri, peguei, paguei e finalmente saímos da loja: eu feliz, e a Fê aliviada…

As Bodas foram um sucesso, o Dos Cielos fica no no vigésimo quarto andar do Hotel ME Barcelona, tem uma vista das mais lindas – a comida, vocês podem imaginar… Sergio e seu irmão gemêo, o também chef Javier Torres, se esmeraram no cardápio.

Mas, no quesito animação, não teve pra mais ninguém, nós brasileiros dançamos até o ultimo OLÉ!!

31993_1439722750196_1343959_n

31993_1439718710095_4671982_n

Para quem ficou curioso com a receita de pan con tomate, aàvai, com o próprio chef:

Fotos: DQZ