Mariana Weickert de fast fashion

No lançamento da Riachuelo, a Mari apareceu com um vestido lindíssimo da nova coleção, com uma estampa maravilhosa, a la Missoni.

A coleção Outono/Inverno 2012, vem toda impregnada do espírito londrino e deve agradar a “gregas e troianas”. As peças chave são os vestidos tubinhos para serem usados com gola alta (sim, ela voltou com tudo), vestidos com cintura deslocada, minissaia e estampas gráficas.

Agora, voltando para o vestido usado pela Mari, esse sim, é um ótimo exemplo de  fast fashion — bom, bonito e barato. O típico Hi-Lo, onde o caro e o barato se misturam, convivendo em perfeita harmonia.

Nesse caso, o vestido seria o Lo ( R$ 79,90) e o Hi ficaria por conta dos acessórios, como: a bolsa, o sapato e os balangandãs.

 Mari de Riachuelo

A estampa

Aqui um outro toque de Riachuelo, com o colete de R$ 129,90

Foto do Catálogo da nova coleção

Foto: DQZ e Catálogo Riachuelo

Riachuelo & Juliana Jabour

Ontem foi dia de brunch oferecido pela Riachuelo com a estilista Juliana Jabour, que novamente fizeram mais uma dobradinha de sucesso, já que recentemente Juliana participou do projeto Fashion Five junto de outros estilistas.

A estilista, em entrevista para o DQZ, contou tudo sobre a nova coleção Outono/Inverno 2012.

Em primeiro lugar, Juliana ficou muito feliz com a resposta da primeira coleção de roupas de festa que assinou para a Riachuelo, as roupas sumiram das araras e, como ela mesma disse, “Isso não tem preço”.

Essa nova coleção foi feita para mostrar o DNA da marca, que veste uma mulher urbana, independente, com acesso a informação de moda e que não troca o seu conforto por nada. “Ela pode ir vestida para o trabalho com a mesma roupa que vai sair à noite, é só mudar os acessórios e criar em cima da sua própria personalidade”, diz a estilista.

Sobre a cartela de cores, a inspiração veio com a criação primeiro da estampa, foi a partir dela que as cores surgiram, como o bordeaux, o nude, marinho, cinza mescla, preto e chumbo.

Em relação ao material, essa coleção vem recheada de moletinho, lãs mais pesadas, viscolycra, georgette, renda, paetês e alfaiataria.

Juliana fez questão de reeditar alguns de seu hits, numa coleção que conta com 40 modelos entre confecção e acessórios.

Durante nossa conversa, coincidentemente, a minha peça favorita desta coleção é a mesma que da estilista, um vestido de tricot bordeaux, que pode ser usado de várias maneiras.

A partir de 01 de Março já estará nas lojas sendo vendido por R$ 149,90 — e um já é meu!!

Juliana Jabour para Riachuelo

LuMich e Juliana Jabour

Meu preferido e da estilista também!!

A Coleção

   Croquis da coleção  

 Fotos: DQZ by LuMich, divulgação e blog Juliana Jabour

A versatilidade de um lenço

Já dizia Chanel, ” A moda passa o estilo fica”, com essa lição de moda devemos apostar no poder de um bom acessório.

E o post de hoje é sobre a infinidade de tipos e jeitos de usar um lenço.

Nada melhor pra dar um up no visual do que jogar um lenço despretensioso, seja ele nos ombros ou na cabeça. O lenço é um bom curinga, pode ser usado tanto no inverno quanto no verão.

Algumas de suas qualidades é sem dúvida a sua versatilidade, o lenço pode ser usado de várias maneiras, como uma faixa hippie em volta da cabeça ou para dar um ar de Pin up no visual, além dos turbantes, echarpes e etc…

Aqui em São Paulo, tem uma loja que eu gosto muito, a Scarf Me, especializada em lenços (aliás, um mais lindo do que o outro).

E há algum tempo atrás, eu comprei um lenço da famosa estampa de caveira, que é sem dúvida um dos meus melhores acessórios.

LuMich e seu lenço de caveira

Os lenços e suas versões

Hippie chic

Hippie

Turbante

Turbante

Pin up

Scarf Me

Fotos: DQZ by LuMich e Reprodução