Piercing 24 horas

Como se diz por aí “Não basta ser MÃE, tem que participar”, e foi por isso que em um sábado à tarde, eu fui com a minha filha Cora, rumo a Augusta, mais precisamente na Galeria Ouro Fino.

No estúdio SP Ink Tatoo nossa primeira intenção, era colocar um piercing na orelha DA Cora, mas mesmo com a autorização dos pais, ficamos sabendo que apenas maiores de 18 anos podem se furar.

* Como resolver tamanha decepção?!

A solução foi liberar o segundo furo para CORA e a MÃE da Cora ( no caso EU), faria o piercing no “lugar dela”. sábia decisão. #SQN.

Decisão tomada, fomos para o matadoro  furo em questão.  A Cora foi a primeira e tudo foi tranquilo, até chegar a minha vez.

Olha, na hora eu pensei, já tive dois filhos de parto normal e o que é um furinho na orelha, afinal de contas há milénios eu tenho o segundo furo e lembro que não sofri nada.

Ledo engano, não vou escrever AQUI um palavrão, mas imaginem um bem cabeludo, é  exatamente a descrição da DOR…que arrependimento monstro, aquele piercing no meio da minha orelha latejava de tanta DOR.

Porque sentir dor é para os FRACOS…assista ao vídeo se você tiver CORAGEM!! Hahaha!!!

Agora, o melhor está por vir!!

24 horas depois, uma orelha latejando, uma noite de sono sem dormir do lado preferido da cama, eu sucumbi ao PIERCING… mesmo com DOR, arrenquei aquela coisa da minha orelha e não me arrependo. NUNCA mais furo a minha orelha, com um piercing na minha vida. Juro.

Admiro profundamente quem tem coragem de colocar qualquer tipo de piercing, mas definitivamente, isso não é para mim. Não.

Sorry minha filha, mas dessa vez a mamãe falhou…

ATENÇÃO:  Procure um profissional preparado para fazer o seu piercing, os riscos de infecções são altos.

Love, LuMich

Fotos: DQZ e Vídeo: CORA

Dica dominical – Scrimn

Dei uma outra passadinha na Galeria Ouro Fino (a primeira eu já contei aqui), dessa vez eu encontrei estas clutchs lindíssimas na loja do Tom, a Scrimn.

Inspiradas nas desejáveis clutchs by Alexander McQueen, as da Scrimn tem uma grande vantagem – o preço, bem mais em conta do que as originais.

Scrimn clutch

McQueen clutch

Fotos: DQZ

Achados na Galeria Ouro Fino

Ontem, eu e a minha amiga blogueira Vanessa Araujo, nos aventuramos pela famosa Galeria Ouro Fino na Rua Augusta, que fica nos jardins e acabamos tendo várias surpresas.

A Galeria tem 110 lojas. A nossa primeira parada, foi na loja Scrimn, achei as peças de couro fake mais legais que já vi. Arrematei logo de cara, uma saia preta de couro, com aplicações na barra, simplesmente lindíssima (mostro em breve).

As jaquetas estão por volta de R$350,00.

Scrimn

Vanessa com look Halston da Galeria Ouro Fino & Sarah Jessica Parker com Halston original

(A diferença está na flor da cabeça) 🙂

Bohö

Essa simpática loja é do querido Rafael, que teve uma paciência enorme com essa blogueira aqui que vos escreve.

Achei as camisas de seda mais transadas e as bijoux mais incríveis, na Bohö. Ele tem uma jaqueta de spikes, que é a coisa mais fashionista da galeria inteira.

A Santa do Cabaré 

 A loja A Santa do Cabaré, tem uma pegada vintage, com roupas da sua própria confeção e de outras marcas também.

Adorei o secador de cabelos da vitrine, que ainda por cima é rosinha.

Das Haus

Nessa loja conceito, você encontra a linha comercial do estilista Rober Dognani, a linha masculina do designer Felipe Fanaia cuja a marca leva o nome da loja e os acessórios da designer de jóias Andréa Haz.

Uma dica excelente do estilista Roger Dognani, sobre como usar uma roupa conceito é “Vá com calma” – Adorei.

Vestido Das Haus – Whish 

Galeria Ouro Fino

Fotos: DQZ