Bamboo Backpack by Gucci

Se você ainda não tem uma, porque não gosta ou porque não acha apropriado para sua idade, está na hora de rever os seus conceitos em relação a ela – a mochila. Nove entre dez fashionistas, já desfilam seus modelitos pra cima e pra baixo, em suas fotos de StreetStyle por aí. Existem várias versões para entrar nessa onda, mas a minha preferida, sem dúvida é a Bamboo Packpack da Gucci, simplesmente linda de morrer. Nada mais charmoso do que, aquela alça de bamboo (marca registrada da Gucci), nas mais variadas cores da mochila-desejo.

Agora, vamos analisar friamente a sua eficácia fashion. Ela é perfeita para o dia a dia, já que cabe absolutamente tudo o que uma bolsa de mulher precisa carregar. Ela é mais do que perfeita, para viagens “around world”, afinal você não se cansará de ficar carregando peso em um ombro só, o peso ficará devidamente distribuído nas suas costas andarilhas. E por fim, sua alça de bamboo faz dela a bolsa perfeita, em caso de você querer tirar um pouco aquele ar pré-adolescente carregando a mochila nas costas, é só e tão somente mais chic levá-la pela alça.

bamboo backpack

peaceloveshea-gucci-resort-2015-bamboo-leather-backpack

fashionhyper.com-jzjrh63gaqr13cfxby0f1418045579

Por essas fotos, vocês já puderam ter uma noção do quanto essas mochilas são super lindas e práticas, mas ela não veio apenas na cor branca ou off-white (como preferir nomeá-la), existem outras: mint, azul bebê, amarelo, caramelo, preta, rosa e a minha paixão, as mochilas de animal print. Sobre o preço, as notícias não são tão animadoras assim, tanto quanto o estilo da mochila. Ela custa: U$2.590 a colorida e U$4.200 a animal print. Realmente, um belo investimento.

gucci-backpack-21

gucci

Gucci-Bamboo-Python-Backpack Gucci-Resort2015-3

 

Fotos: Reprodução

 

Bamboo Fringe by Gucci

Bamboo Fringe - Gucci - DQZ

Tudo começou em 1947, quando os artesãos da Gucci foram levados a inovar, trazendo opções criativas, já que o racionamento de materiais na época da guerra, dificultava suas criações.

O projeto de cana de bambu, importado do Japão, que passava por um processo de aquecimento, onde dobrado na forma de um semi-círculo, transformava-se em alça para bolsas, foi responsável por um dos maiores sucessos da marca – a bolsa Bamboo.

Hoje em dia, a construção de cada bolsa é feita com as mesmas técnicas usadas para o modelo original e requer 13 horas de artesanato para garantir a perfeição dos detalhes.

A Gucci lançou uma campanha para a sua edição Primavera/Verão 2014, que conta com 7 das maiores DJs de moda: Harley Viera-Newton, D.J.Kiss, Pixie Geldof, Leah Weller, Chelsea Leyland, The Misshapes e Mademoiselle Julia, tudo isso para a sua “It bag” queridinha, a Gucci Fringe.

Além, das bolsas descoladas e cheias de franjas, o line-up exclusivo das DJs estarão no Spotify da marca e poderão ser compartilhados entre os usuários.

Os lançamentos tem preços variados, dependendo do modelo e do material. Na média as bolsas de couro ficam no patamar dos U$ 2.500 dólares, Já as bolsas feitas de suede, saem na média por U$ 1.950 dólares. O maior preço fica por conta das bolsas de Python U$ 3.100 dólares.

Gucci - fringe - DQZ

Gucci fringe - DQZ

Gucci fringe - DQZ

Gucci fringe - DQZ

Gucci Fringe - DQZ

Gucci Fringe - DQZ

Gucci Fringe - DQZ

Sem título

Gucci Fringe - DQZ

Assista ao vídeo da campanha:

Fotos: Reprodução

DSBag na prática

Depois de falar das qualidades da minha bolsa de viagem AQUI, chegou a hora de mostrar um outfit na prática, certo?!

No post anterior, as minhas fotos foram todas com roupas bem informais – shortinho e muita perna de fora – nesse, um look mais arrumadinho (com calça), para provar na prática que a Disco Soho Bag, vai bem com qualquer tipo de roupa, inclusive com as mais formais.

Aliás, eu ando muito apaixonada pelo combo calça + colete de alfaiataria, a união dos dois dá uma graça maior ao visual, deixando o look com um ar mais sofisticado e menos óbvio, do que somente o simples combo calça + regata.

Além da cor da bolsa, tem ainda mais um ponto de cor – o sapato roxo – na cartela cromática, você pode observar que essas cores se complementam, ou seja, podem ser misturadas entre si, (não tenha medo de ser feliz), mesmo sendo cores fortes.

* Minha dica é sempre observar a cartela cromática na hora da dúvida, principalmente quando você precisar misturar cores fortes ou até mesmo, para uma simples composição de cores.

IMG_3475

Por partes…

Foto: MARCIA GAMMA Foto: MARCIA GAMMA Foto: MARCIA GAMMA

Foto: MARCIA GAMMA

Os créditos

Sem título

Foto: Marcia Gamma