Crise dos 40 em U

Vamos bater um pouquinho mais nesta tecla, sim. Afinal, eu que sou blogueira e 40tona, sempre tive dificuldade pra encontrar textos menos jornalísticos e mais pessoais sobe o assunto. Decidi então, que tinha chegado a hora de eu mesma falar sobre os meus, os nossos problemas que rondam esta fase da vida, de dentro pra fora.

Quando eu tinha por volta dos meus 30 anos, achava que nada mudaria, não dá pra vislumbrar mudanças nesta idade, principalmente as físicas, difícil, tudo anda muito bem, né?!. Eu lembro que costumava sair de cara totalmente limpa, hoje por exemplo, isso é quase uma raridade, acho que só faço isso nos meus momentos de rebeldia, caso contrário não largo mão do meu protetor solar, uma base leve pra ir até na academia, vejam vocês. A pressão que a gente se auto-impõe, só aumenta nesta fase da vida.

Mas pesquisando sobre o assunto, uma das lições que eu aprendi é reconheça que está em crise – coincidência ou não, escrevi recentemente um post falando da crise que estava passando AQUI – achei libertador, se eu puder usar uma expressão que demostre isso é “Eu fui com o pé no peito, confessei”. A gente fica rodando feito peru antes de aceitar que as coisas não estão como gostaríamos que estivessem, às vezes damos desculpas para os outros e achamos mesmo que são verdadeiras, ledo engano porque a conta aparece, mais cedo ou mais tarde.

tumblr_inline_mj9v6do9dj1qz4rgp

Então, vamos lá, aceite sua crise (ela vai passar…), se ela for pesada demais pra carregar sozinha, não titubeie procura uma ajuda especializada, eu sei que pode ser inviável para muitas de nós, mas então escolha aquela amiga mais sensata e desabafe. Fale tudo, chore e se dê a chance de recomeçar, mudar e arriscar. Não duvide que uma mão amiga possa ser capaz de te ajudar, uma vez ouvi a seguinte frase de Herman Hesse: “Nada posso lhe oferecer que não exista em você mesmo. Não posso abrir-lhe outro mundo além daquele que há em sua própria alma. Nada posso lhe dar, a não ser a oportunidade, o impulso, a chave. Eu o ajudarei a tornar visível o seu próprio mundo e isso é tudo”, bons amigos fazem isso.

Já pra mim, foi exatamente nesta época, que eu precisei partir pra terapia, por volta dos 41 anos. Hoje estou há 3 anos trabalhando profundamente no meu processo de auto-conhecimento, posso dizer sem dúvidas que sou outra pessoa. Não que a minha essência tenha mudado, eu sou o que sou, mas meu controle interno e meu modo de agir e reagir estão aprendendo a cada dia a serem mais inteligentes e menos danosos, estou me aceitando, me encaixando no lugar que me é reservado.

Eu descobri que a crise dos 40 é como a letra U do alfabeto, o nosso grau de contentamento começa alto na vida e, com a chegada da vida adulta, ela vai diminuindo progressivamente, até atingir sua pior fase (meia-idade) ou seja, a partir dos 40 anos, minha amiga. Mas, a boa noticia é que ela volta a subir a partir dos 42 anos até a chegada dos 70 anos.

Não é fácil, mas também não é impossível passar por tudo isso. Mergulhar de cabeça nos nossos traumas, rancores, dessabores, nas nossas frustrações é sempre muito dolorido, mas eu aprendi que além de fazer parte do todo o processo, a gente acaba diluindo essa dor, até que ela não machuque mais. Acredito muito que o que a gente não cura por dentro, acaba virando doença, minha terapia tem relação direta com a medicina chinesa, aquela que faz um diagnóstico energético do seu corpo, sabe?!

giphy40

” Coaching é baseado nas transformações de obstáculos, tais como doenças físicas e emocionais, em uma poderosa energia de transformação e desenvolvimento do potencial da pessoa.
Tem o objetivo de trabalhar o desenvolvimento e a transformação das pessoas como um todo, desde as situações de conflito afetivo emocional à dificuldade na carreira profissional. Um método de autoconhecimento e desenvolvimento, ajuda enxergar as oportunidades que o cercam. É um aconselhamento pragmático, eleva a motivação, ajuda a definir objetivos, de forma a torná-los desafiadores e estimulantes; contribui para a compreensão de seus valores mais profundos, identifica os obstáculos e conflitos da Mente e por meio da formulação de um plano estratégico mental, abre as passagens para a realização de suas metas.
Desperta no indivíduo uma melhor percepção de como está seguindo sua vida”.

Enfim, os 40 anos para as mulheres são anos decisivos, convivemos com o fantasma da menopausa ao mesmo tempo que muitas ainda querem engravidar (não é o meu caso porque engravidei com 23 anos), mas já sinto alguns sinais da dita cuja, o famoso calor, nada grave ainda, mas ele está aí me rondando, pra fazer eu me lembrar que não sou mais tão jovem assim. Isso traz uma sensação de que não somos mais eternos, somos finitos. Estamos na metade.

Porém, contraditoriamente, sentimos que “temos todo o tempo do mundo”, somos mais maduras (ou pelo menos achamos) Rsrs, né?! aproveitar a vida vira o nosso mantra, o nosso lema, o nosso norte. Ser uma mulher de 40 anos, requer sabedoria, jogo de cintura e como sempre, muito bom humor, afinal, rir de si e se aceitar, ainda é a melhor terapia. #Nos40DoSegundoTempo

sex-and-the-city-2

Gifs: Reprodução

 

As mudanças no meu corpo – dos 20 aos 40

Eu sempre ouvi as mulheres mais velhas, falarem sobre a maldição da “tal mudança” no corpo feminino, quando chegamos a determinadas idades.

A bem da verdade, essa maldita maldição existe, provando que a lenda é verdadeira. Ou seja, sinto muito, minhas queridas infato-juvenis, mas a sua hora também vai chegar, não têm escapatória – pequena pausa, seguida de uma risada maligna. A minha calça jeans era número 34, só para constar.

tumblr_inline_nlzl4j5cff1r5r2vd

Aos vinte anos está tudo numa boa. Eu que engravidei com 23 anos, voltei ao meu peso e shape num piscar de olhos. Voltei a usar a minha calça jeans em poucos meses. Já, na minha segunda gravidez, aos 27 anos, a coisa deu uma meia-degringolada, a barriga parecia uma geléia que insistia em não voltar pro lugar. Precisei aumentar um número a minha calça jeans.

Conclusão: no ano seguinte me submeti a uma lipoaspiração. Infernizei tanto o meu marido pra fazer essa coisa, chorei todas as pitangas possíveis e imagináveis, até que ele não aguentou mais ouvir os meus apelos diários para voltar a velha e boa forma. Liberou.

tumblr_mp9nxawaOt1s8njeuo1_500

Querem ouvir a conclusão de número 2?! sim, óbvio que vocês querem! não adiantou p**** nenhuma. Tremenda frustração e dinheiro desperdiçado. Não consegui ver diferença do antes e do depois, tá bom, até que diminuiu um pouquinho, mas pra cair na faca e só melhorar um pouco, é muito sacrifício.

Seguimos adiante para a casa dos 30 anos. Nessa época eu passei 3 anos morando fora do país, mais precisamente em Nova Iorque. Minhas tarefas domésticas e minhas tarefas de estudante da FIT não me permitiam fazer mais nada, era pouquíssimo tempo livre para dar uma escapada até o YMCA da cidade, fora a falta de coragem de malhar no frio, e que frio. Passei um período sem calça jeans, só usando calça de alfaiataria de lã.

Conclusão de número 3: meu manequim pulou do XS para o SMALL, isso foi irreversível. Não voltei nunca mais a usar este número de manequim.

tumblr_inline_mffykz0qOC1r66m5v

A cada aniversário de 30 e poucos, a coisa começava a ficar mais sofrida (mais apertada). Mas, tudo mudou quando eu voltei para o Brasil, consequentemente para a ginástica, peguei pesado na musculação e na dieta. Acredito, ter chegado no auge da forma física. Voltei a usar manequim 36 e a calça jeans não apertava mais.

Depois vieram os 40. Dificuldade master para perder um simples quilo. Dei uma bobeada, soltei o freio, comi muito e quando percebi tinha engordado BEM, tipo pulei dos 50 quilos para os 58 quilos. As roupas foram o meu alerta, estavam ficando muito apertadas, tava feio. A calça jeans que nessa época era número 38, estava querendo pular para os 40.

Honey-Boo-Boo-Relaxing

Conclusão: Resolvi agir. Comecei a correr, mesmo a contra gosto num primeiro momento, mas tive a sorte de entrar para uma aula de corrida, com um professor alucinado que faz a gente sofrer, mas que vale cada suor do meu esforço.

Sobre dieta, essa é a parte mais complicada do negócio. Detesto ficar impedida de comer qualquer coisa, odeio esse lance de nutricionista de empurrar aquelas comidas sem gosto (que obviamente eu vou largar mão), por isso aprender a me controlar e entender o que me engorda e o que me emagrece, é uma árdua tarefa.

student-gap-year-deals-teach-abroad-student-money-saver

Mas, confesso, dessa vez precisei da ajuda de um endocrinologista, precisava de um start desesperadamente, algo que me desse ânimo pra lutar contra a balança. Eu tive e voltei a vestir a calça jeans número 36, porém de agora em diante é por minha conta e risco.

Geralmente, quando eu volto das minhas viagens, engordo no máximo 2 quilos, dessa vez foram 3 quilos ~ alerta vermelho ~ voltei correndo pra academia, literalmente, para as minhas aulas de musculação e estou em pleno DETOX.

tumblr_ks1ccgboQc1qa1xnko1_500

Um dia inteirinho tomando muito suco e quase nada de comida. Optei por esse processo, um pouco radical para mim, porque às vezes não dá pra fugir da raia. Tem que fazer um sacrifício de vez em quando.

Última conclusão: apesar da idade atrapalhar os meus planos de me manter sempre em boa forma física, quando ela, a idade me irrita muito, eu simplesmente dou as costas e visto a minha calça jeans de sempre.

tumblr_n1d3apNo8u1ralbooo1_400

Gifs: Reprodução

Maria Fernanda Cândido Embaixadora da Imedeen

 

Screen Shot 2014-05-16 at 7.53.33 PM

Alguém aqui já tomou essas pílulas, que prometem melhorar de dentro pra fora?! confesso que muito antes da minha dermatologista me recomendar qualquer uma delas, eu muito xereta, resolvi por conta própria experimentar para ver se honestamente melhorava a qualidade da minha pele.

Não sei se na época eu quis valer o meu dinheiro, mas o fato é que eu realmente eu achei que valeu a pena. Depois disso, aí sim, por recomendação médica, eu tomei da própria Imedeen: primeiro o Tan Optimizer e depois o Time Perfection, ambos para a pele.

Dias desses fui convidada pela própria Imedeen para conhecer seu novo lançamento – é tão bom, quando a gente se identifica com a marca, que ir ao evento se torna um grande prazer –Complexo Biomarinho, apresentado pela Embaixadora a atriz Maria Fernanda Cândido, aquela que tem uma pele lindíssima.

Maria Fernanda Cândido e Luciana Micheletti - Imedeen - DQZ

Denise Gebrim, Maria Fernada Cândido, LuMich - Imedeen - DQZ Agora, Leia TODA a explicação sobre o que de bom essas benditas pílulas fazem pra gente, a respeito do novo lançamento da Imedeen, eu quero dizer que já estou usando (ganhei uma caixinha) e por enquanto, tudo que tenho a declarar é que estou aprovando a novidade.

Sobre IMEDEEN e o Complexo Biomarinho:

O nutricosmético vai aonde nenhum cosmético chega para retardar o seu processo natural de envelhecimento. O segredo está na sua fórmula cientificamente comprovada que contém exclusivos ingredientes naturais que agem de dentro para fora.

Estudos científicos publicados comprovam que a ingestão diária de 2 comprimidos de ajuda a reduzir a aparência de marcas de expressão e rugas a partir de três meses. tem seus benefícios comprovados por 16 estudos científicos publicados.

Possui em sua fórmula um ingrediente exclusivo, o Complexo Biomarinho, rico em proteínas hidrolisadas de peixe que estimula a formação de colágeno e o espessamento da epiderme.

Estudos científicos comprovam que o Complexo Biomarinho proporciona o aumento do tônus da pele, a suavização de rugas e linhas de expressão, diminuindo os sinais de envelhecimento e melhorando a hidratação da pele nas camadas mais profundas.

Também possui a Vitamina C que estimula no funcionamento adequado do sistema imunológico e age como um poderoso antioxidante protegendo a pele contra os radicais livres para combater o envelhecimento precoce. Além do Zinco que também tem ação antioxidante e auxilia na produção do colágeno.

Os cosméticos atuam apenas nas camadas mais superficiais da estrutura da pele. Os comprimidos agem nas camadas mais profundas da derme, aonde cremes e loções não chegam, estimulando a produção de colágeno, melhorando a hidratação e  combatendo os radicais livres.

E, vocês sabem o porquê eles escolheram a atriz Maria Fernanda Cândido para ser a embaixadora deste produto?!

Maria Fernada Cândido - DQZ - Imedeen

 De acordo com pesquisas desenvolvidas com consumidoras da marca, a atriz que irá completar 40 anos este ano, representa a beleza natural para sua idade.

Maria Fernanda Cândido é reconhecida pelo público feminino como uma mulher que sabe cuidar da beleza para ter uma aparência natural. “Ela inspira muitas mulheres por ser sofisticada, inteligente e ter uma personalidade marcante. Seus valores estão em sintonia com a marca”, explica Bruna Fausto, diretora de Marketing da Pfizer Consumer Healthcare.

Para compor o conceito da campanha, a atriz Maria Fernanda Cândido está com make-up muito leve nas fotos produzidas para as peças publicitárias. “Queremos valorizar a beleza natural da mulher que é resultado da sua maturidade e escolhas certas ao longo da vida”, diz a executiva Bruna.

Com o slogan Comece a se cuidar por dentro e fique de bem com o tempo, a campanha tem como conceito mostrar que o tempo e a maturidade são aliados da beleza quando a mulher sabe escolher produtos que favorecem o cuidado diário com a pele.

“Eu me sinto muito melhor com a aparência que tenho hoje. Gosto de cuidar da minha pele, isso reflete na minha autoestima e bem-estar. IMEDEEN me oferece a praticidade de tomar dois comprimidos ao dia e age de dentro para fora proporcionando uma aparência mais luminosa para minha pele”, declara a atriz Maria Fernanda Cândido.

Tá aí, não é porque chegamos aos quarenta que o mundo acabou, afinal temos muitos recursos para retardar o envelhecimento, como esta da Imedeen. Eu que já faço parte do time das 40tonas, vou abusar dos nutricosméticos!! 🙂

1912230_762249567141647_4794287425685686866_n

Fotos: Divulgação