Adote um bandido

“Faça um favor ao Brasil, adote um bandido”, foi com essa frase que a reacionária jornalista do SBT Raquel Sheherazade, terminou uma de suas matérias sobre o caso do menino torturado e preso nu a um poste, no bairro do Flamengo/Rio de Janeiro.

Pois bem, foi exatamente isso que fez o sorridente (como prefere ser chamado) Rony Meisler,  CEO da Reserva, ao se deparar com a fotografia de um traficante preso vestindo sua marca da cabeça aos pés.

diego traficante

Diego Raimundo da Silva dos Santos: negro, pobre, morador do complexo do Alemão, atirador de primeira linha do tráfico e mais conhecido pela alcunha de Mister M, se entregou à policia em 2010, depois que a mesma retomou o poder na favela, garantindo a tão sonhada paz.

De lá pra cá, sua vida deu uma guinada de 180 graus.

Recuperado e inserido novamente ao convívio em sociedade, ele foi ADOTADO pela Reserva, com a ponte feita pelo grupo Cultural AfroReggae.

Diego viu a chance que mudaria a sua vida.

Rony Meisler e Jose junior

Para Rony, “O tema da reinserção social é praticamente um tabu na nossa sociedade. Eu mesmo, antes de conhecer melhor o projeto do AfroReggae, não abria meus olhos para a importância em oferecer uma alternativa à criminalidade, a pessoas que não tiveram muita chance na vidaComeçamos então a pensar como levar o tema ao nosso público de forma positiva e não impositiva. Juntamos a isso uma vontade antiga do Junior, de licenciamento, e criamos o selo para ser atrelado a diferentes produtos e serviços. Em vez de empurrar a responsabilidade goela abaixo, estamos propondo uma transformação de ponto de vista”.

E foi, com um padrinho desse peso, que Diego se tornou modelo (garoto-propaganda) e cinegrafista do grupo Cultural AfroReggae.

Diego, modelo e ex-traficante

Ou seja, “Faça como o Rony, ADOTE um bandido”. Afinal, toda estória tem dois lados, dois pontos de vistas, duas maneiras de se lidar e maneiras distintas para ajudar.

Ninguém precisa virar “justiceiro”, somos apenas cidadãos.

Reserva AR

* A segunda linha da Reserva com o selo AR terá a sua renda integralmente revertida para a instituição que atende cerca de 11 mil pessoas por ano.

Fotos: Reprodução

SPFW — primeiro dia

A 31ª edição do SPFW começou ontem, dia 13.06, com desfiles Animale, Tufi Duek, Samuel Cisnarnsck e Reserva.

Animale: Inspiração na Cote D’Azur, litoral do sul da França, alfaiataria descontruída.

Tufi Duek: Coleção inspirada na arte tribal indígena brasileira.

Samuel Cirnansck: Como o próprio estilista definiu, sua coleção tem sensualidade e romantismo com uma pegada punk.

Reserva: coleção inspirada em sátira ao ex-presidente Fidel Castro, uma espécie de desfile-show, encerrou os desfiles da noite.

Fotos: Reprodução