In the SoHo

IMG_2804

Eu sempre fui pra Nova Iorque e nunca fiquei hospedada no SoHo, sempre achei que o lugar era meio fora de mão e que o legal, era só passear nos finais de semana por lá.

Dessa vez eu resolvi fugir da minha escolha de sempre – East Upper Side e acabei me hospedando em plena Spring Street.

A cada novo dia andando pelas redondezas, eu descobria um novo SoHo – que antes eu nunca tinha dado oportunidade de conhecer – e comecei a mudar de ideia sobre o lugar.

O SoHo durante a semana é uma espécie de interior dentro da Ilha de Manhattan, apenas os locais e poucos turistas andam por lá (preste atenção, poucos turistas se comparados com o povo que lota a 5th Avenue todo dia, claro!).

Minha rotina pelo bairro que tem a nomenclatura de South of Houston e, é considerado Patrimônio Histórico Nacional, começava mais ou menos assim:

Café da manhã na loja da Nespresso, eu e Cora ficamos viciadas pelo Vanilla Iced Cafe – simplesmente delicioso.

collage

Receita simplíssima

* Sorvete de Vanilla

* café de Vanilla Nespresso

* Bater tudo no mixer (bater pouco)

5299442321_252e15a4f3_z

Uma pausa para um pequeno momento cultural

 Uma curiosidade histórica, o SoHo seria demolido se uma campanha não tivesse mudado o destino dos seus 500 edifícios, que acabaram sendo todos preservados. Logo em seguida, eles passaram a ser ocupados por artistas de vanguarda, que usaram os grandes lofts para abrigar suas galerias de arte.

Sem título

* O quarteirão das ruas entre a Broome e Spring Street tem 13 fachadas em ferro fundido – a maior sequência do mundo nesse tipo de arquitetura.

* As laterais das ruas do SoHo são pavimentadas por antigos blocos belgas, um charme.

jojo

A região é repleta de lojas, restaurantes, museus e galerias de arte. Diferente dos grandes magazines espalhados por Nova Iorque, no SoHo o legal é entrar de loja em loja.

É impressionante como aqui eu encontrei todas as lojas que eu estava procurando, tem de tudo um pouco, desde de Isabel Marant até H&M.

NYC-Shopping-soho

Nessa viagem eu comprei um CONVERSE novo pro Betinho (que gostou muito!), quem sabe da minha luta pra fazer ele trocar o seu velho par, sabe do que eu estou falando, caso contrário da uma lida AQUI.

collage

Um pit stop estratégico durante as compras é sempre bom, ainda mais quando é na Georgetown Cupcake – meu povo, eu que pensava que só no Magnolia Bakery é que se comia o melhor cupcake de Nova Iorque, me enganei – essa confeitaria faz cupcakes divinos.

IMG_2815

Andar pelo SoHo é relativamente simples, apesar das ruas não terem números, as vezes você pode se confundir um pouco entre uma esquina e outra, por isso sair com um mapa das lojas é essencial pra não ficar dando voltas no quarteirão (como nós).

soho

Além, das “nossas compras de todo dia” como eu disse andar pelo SoHo por si só, já é um programa, a noite quando as lojas fecham e só quem está por lá, sabe que o bairro se torna ainda mais bonito, momento ideal para fotografar as ruas.

IMG_2973 2

Enfim, depois de uma semana hospedada no bairro mais Hi-Lo de Nova Iorque, eu cheguei a uma conclusão: O SoHo tem outra vibe…

Fotos: DQZ e Reprodução

Chegamos, New York, New York!!!

Era uma manhã de sábado, quando chegamos ao aeroporto de Heathrow para fazer o check-in eletrônico, devo dizer que aquelas malditas máquinas sempre me confundem e eu nunca consigo fazer sozinha o raio do check-in, sempre preciso da ajuda de algum funcionário da companhia aérea.

E dessa vez, não foi diferente.

Depois de tentar algumas vezes, um funcionário veio me socorrer e em dois segundos me entregou meus cartões (que eu imaginava ser de embarque), em seguida ele apontou para o guichê da companhia e me mandou ir até lá.

Assim que, entreguei os supostos “cartões” a simpática funcionária me disse “Estamos com overbooking e talvez a senhora não possa embarcar agora”. Imediatamente, fiquei com uma raiva enorme e pensei “Aiiii, que saco e agora?!”.

Ela me entregou um voucher para tomar lanche e disse ” Volte por favor em 1 hora”Fala sério, eu não quero lanche.

Sabe aquele dia que você pensa, vai dar merda, vou ter que ficar horas nesse aeroporto, minha internet grátis já acabou, quero ir de uma vez pra Nova Iorque, não aguento mais ficar empurrando essas malas pra cima e pra baixo, blá, blá, blá.

Fazer o que?! voltei em uma hora e sou recebida pela gerente que me pedi mil desculpas pelo inconveniente,  dizendo que iremos embarcar no próximo voo.

Eu apesar de brava já estava feliz em embarcar logo, afinal o atraso foi de apenas 1 hora e meia. E como em uma propaganda da Pepsi, o melhor estava por vir.

Sou presenteada com um cartão de crédito BRITISH AIRWAYS no valor de 500 libras + um up grade para classe executiva- tudo por conta do atraso.

PODE SER?!!! PODE!!! rsrs…

foto-1

 

Enfim, overbooking à parte, depois de uma semana deliciosa em Londres e um voo de 7 horas, finalmente chegamos na BIG APPLE – Eu e Cora.

Pela primeira vez em anos, eu resolvi ficar hospedada no SoHo, uma espécie de bairro super descolado, onde o povo é mais relax.

“O SoHo é um bairro de Manhattan, na cidade de Nova Iorque. Seu nome é a abreviação de South of Houston, indicando que se trata da região ao sul da rua Houston, e um trocadilho com o conhecido bairro do Soho, em Londres. Notável por ser o local onde muitos artistas possuem lofts. No bairro existem galerias de arte, e também, mais recentemente uma grande variedade de lojas e estabelecimentos comerciais que vão desde boutiques de moda a lojas de luxo nacional e cadeias de lojas internacionais. A história da região é um exemplo arquetípico de regeneração do centro da cidade, abrangendo desenvolvimentos sócio-econômicos, culturais, arquitectónicos e políticos”.

Logo na chegada, aquele choque térmico assim que passamos pela porta automática do aeroporto (a temperatura estava na casa dos 30 graus). Um indiano foi o nosso motorista de taxi, seu sotaque carregado me fez demorar a entender o valor da corrida – US$ 52, 00 + tip – e, em menos de uma hora estávamos no hotel.

O hotel escolhido foi o TRUMP SOHO, ficamos no vigésimo quarto andar com vista para o Rio Hudson, ou seja uma paisagem simplesmente deslumbrante, tanto de dia, quanto de noite, é só conferir aí em baixo.

IMG_2871

 

IMG_2848

Nossa primeira tarefa em NY foi rodar um pouco por ali pelo SoHo pra fazer um reconhecimento local, em seguida fomos para o Meatpacking, onde nossas amigas nos esperavam para o jantar.

Cópia de foto-1

 

E o escolhido da noite foi o FIG & OLIVE – estava lotado, mas tínhamos reserva (ainda bem), porque Nova Iorque sem reserva para o final de semana e nas férias de Julho, tenha certeza, é mais fácil acertar na loto do que conseguir uma mesa em um restaurante bacaninha.

collage

 

420 West 13th Street
Between 9th Ave. & Washington St.
New York, NY 10014
 

 Resumindo, esse foi o nosso primeiro dia HOT aqui em NY!! (mais novidades nos próximos posts). Keep in Touch!!

Fotos: DQZ