Uma viagem pela Romênia

Foram 11:30 horas até Londres e mais 3:00 horas até finalmente chegar na Romênia. Nunca imaginei um dia conhecer esse país, sempre que rabiscava uns nomes na minha lista de países preferidos pra conhecer, este nem em sonho entrava nela.

Então, que diabos vocês devem estar se perguntando, o que você foi fazer lá?! olha, não sei muito bem como aconteceu, mas foi algo totalmente inusitado, eu e minhas amigas fazemos uma viagem (only girls) uma vez por ano, sempre escolhemos destinos fora do convencional, neste ano queríamos algo diferente das viagens anteriores, por isso optamos por dar um tempo da Ásia, afinal tínhamos ido nos últimos dois anos, conversando e como num jogo de War, acabamos andando umas casas pra Europa e caímos na Romênia.

Decisão tomada, Leste Europeu aí vamos nós. Aliás, que decisão mais acertada, depois de anos vivendo sob o regime comunista, uma nova Romênia – parte integrante da Comunidade Comum Européia – se abre para o mundo e para os turistas.

Primeiro dia, começamos explorando a cidade de Bucareste (capital da Romênia), mais conhecida por ser a “Pequena Paris do Leste Europeu”. Nosso primeiro (e, necessário) passeio foi pelo Parlamento Romeno, suas dimensões são espantosas se levarmos em conta o fato do país ter passado por um regime autoritário, cruel e arbitrário. Sua população explorada e expropriada, foi obrigada a ceder as terras para a construção – 350 mil metros quadrados – do que seria o maior edifício da Europa e o segundo maior edifício administrativo do mundo, perdendo apenas para o Pentágono.

Falar da Romênia é um misto de sentimentos, afinal passamos pelo comunismo recente e totalitário, nos deparamos como reinado de Vlad III, Senhor feudal dos Cárpatos e príncipe da Valáquia, conhecido por combater os otomanos e por exterminar um quinto da população do país. Sua crueldade era tamanha que deu origem ao mito do Conde Drácula. Visitamos uma parte dos sete patrimônios mundiais eleito pela UNESCO, entre eles o Igreja Fortificada de Prejmer, datada de 1427, localizada em Brasov – a mais importante cidade medieval e a mais visitada da Romênia.

Agora, melhor do que as palavras pra definir o quanto eu me apaixonei pela Romênia, são as imagens que não me deixam mentir. Mas nada seria como foi, sem a presença fundamental de duas pessoas e uma turma de amigas: Mauricio Polato, nosso guia que já nos acompanha há 3 anos, do Brasil para o mundo. E a melhor guia da Romênia; Ana Cârlan, que além de falar português é a pessoa mais delicada e atenciosa, além da guia mais descolada que poderia ter.

Sobre as minhas amigas, posso afirmar que são as melhores companheiras de viagem (<3) ever.

Deixo meus registros por Bucareste, Sinaia, Brasov, Sighsiora e Sibiu, em forma de VLOG. Como tudo o que é bom, não cabe num vlog só, assista a primeira parte desta viagem por um país que abriga 20 milhões de pessoas, com sua história incrível marcada por lutas, religiosidade e arquitetura, além da localização geográfica única.

 

 

Voyage Collection The Body Shop

Para uma viajante como eu, descobrir uma linha, totalmente relacionada à viagens é como sair para mais uma viagem ao redor do mundo. A The Body Shop foi para diferentes partes do mapa mundi, só para trazer a melhor fragrância de cada cantinho.

VOYAGE

Voyage Collection

Inspirada em ingredientes exclusivos dos 4 cantos do mundo, Voyage Collection é uma viagem para os sentidos. Para a criação das fragrâncias, os perfumistas da marca depositaram suas memórias e inspirações em cada nota dos perfumes da coleção.

6d549e7ee8368f2d7582a62889182e42

Italian Summer Fig

Eau de Toilette 50ml – R$109,00

Perfuma a pele com seu aroma fresco e frutado, inspirado no envolvente verão italiano. O principal ingrediente da fragrância é o figo produzido na região de Puglia, na costa do mar Adriático, na Itália. Eles são colhidos no auge do verão, quando estão bem maduros e exalando um rico aroma frutado.

Atlas-Mountains-Morocco

Atlas Mountain RoseEau de Toilette

50ml – R$109,00

Delicada fragrância floral e envolvente, ela é feita com rosas marroquinas da Cordilheira do Atlas e notas de cassis, âmbar, com toque de especiarias quentes. Nossa pura essência de rosas é destilada à vapor a partir de pétalas frescas dentro de quatro horas após a colheita.

kyoto_sakura

Japanese Cherry BlossomEau de Toilette

50ml – R$109,00

Viaje até a primavera japonesa com a fragrância Japanese Cherry Blossom. Seu aroma romântico e cativante é resultado de uma suntuosa mistura de acordes amadeirados e florais, que remetem ao perfume das flores de cerejeira de Kyoto, no Japão.

nivo2

Indian Night JasmineEau de toilette

50ml – R$109,00

Indian Night Jasmine transcreve em aromas a fascinante noite indiana. Seu principal ingrediente é a jasmim, flor de perfume elegante, envolvente e feminino, e traz notas de violeta e sândalo.

Meu preferido!

Meu preferido!

Fotos: Divulgação/Reprodução

Arrumando a mala – o desserviço

Nada pode ser tão insuportável na hora de viajar, do que o momento de arrumar uma mala, concordam?! me desculpem, já li posts, assisti tutoriais e recebi conselhos sobre a arte de fazer uma mala prática (existe?!) olha, no fundo do meu ser, não acreditei em quase nenhuma ou para ser mais sincera, em nenhuma. Ponto final.

Por isso, esse post é um desserviço, eu não vou ensinar nada, não vou fazer nenhum vídeo, mas vou te desanimar ainda mais se o seu intuito for fazer uma mala hoje, amanhã ou qualquer dia dessa semana, mês ou ano.

Vai me dizer que é fácil saber o que levar por exemplo ~ no meu caso ~ para uma viagem de um mês?! impossível. A gente começa a tirar o armário inteirinho pra fora, afinal um mês são 30 dias, e, eu preciso me vestir. Se estou saindo de viagem, é claro, vou levar todas as minhas melhores roupas, o problema já começou neste instante.

Quem disse pra vocês que eu sou pragmática, racional e sensata?! mentiu, viu. Eu além, de querer levar tudo recém adquirido nos últimos tempos, começo a sessão nostalgia por peças esquecidas no meu armário, afinal quem mandou fuçar?! óbvio, encontro amores do passado, vou resgatando eles, a mala vai aumentando de tamanho.

arrumando-as-malas-1024x512-620x310

Largo um pouco de lado as roupas e pulo para os sapatos, é um tal de pega um, devolve outro, até finalmente me decidir matematicamente falando, afinal só tenho dois pés, por isso 10 pares são o suficiente.

Chegou o momento de montar o necessarie de cremes, essa hora é problema na certa. O peso que este maldito produz na mala de qualquer mulher é um escândalo. Isso sem contar com os outros…necessarie de maquiagem, da lente de contato, da bolsinha da praia, das tecnologias (fios, carregadores, etc), bijoux. Aja.

Voltamos para as roupas novamente, eu começo a achar que estava exagerando (mais uma vez) e o movimento ao contrário começa nesse ponto da montagem da mala. Tiro aquela saia que eu não uso há dois anos, mas que resolvi usar justamente nesta viagem, também tiro umas das 7 calças que eu coloquei na mala, afinal tô indo pro verão, né?! devolvo pro meu armário mais 2 biquínis, 1 saída de praia, 5 regatas pretas, 3 camisetas de cores diversas, ufffa, acho que agora vai.

Vai nada, faltaram as bolsas. Elas são “tipo” os sapatos, eu pego, eu devolvo e pra variar acabo sempre levando as mesmas. Tenho um modelo de bolsa de viagem imbatível, cabe tudo o que eu necessito carregar comigo e não pesa. Não entendo porque não vou logo nela?!
Antes de fechar a mala, ainda abro algumas vezes, porque claro, faltaram os detalhes. Sempre esses detalhes nos impedem de fechar de vez a mala, mala esta que tem três alturas para aumentá-la em caso de excesso de roupas.

Finalmente, malas lacradas, vamos a prova dos nove. Check-in no aeroporto e a minha mala desta vez, pesou 26 kg recebendo um simpático selo de HEAVY, os carregadores dos aeroportos do mundo me amam! Agora, o mais louco disso tudo é que fui no caminho do aeroporto, lembrando tudo o que eu havia esquecido…

foto-1-e1413569969100-1372x900-750x410

* Esse post é dedicado a minha amiga Ivana, que acaba de se mudar para o Japão, com os 3 filhos + marido, literalmente de mala e cuia ~ leia-se 10 malas, malas de mão, mochilas infantis ~ Parabéns, guerreira-master!!