Sempre me achei meio bruxa, aliás acho que as mulheres da minha família são (quase) todas bruxas, obviamente no bom sentido da palavra. Nada de bruxas más, que lembrem as histórias infantis, apenas bruxas boazinhas, daquelas que fazem bruxarias do bem e para o bem.

Na verdade o que eu quero dizer é, que somos intuitivas. Não é um privilégio meu e da minha família, apenas uma característica. No meu caso, apenas uma habilidade desenvolvida nesses meus 44 anos de vida. Intuição tem tudo a ver com autoestima, quando acreditamos em nós, fica muito mais fácil de acreditar na nossa intuição. Confesso, nem sempre foi assim, já me deparei com momentos onde eu tive dúvidas a respeito dela, afinal não a encontrava dentro de mim.

E quando eu não a encontrava?! dava com os burros n’água. Se trouxermos a intuição para a seara das amizades, minhas apostas/intuição quase nunca falharam. O que falhava era a minha teimosia em reconhecer que ela estava certa. Como assim?! explico. Nós mulheres somos seres que PRECISAMOS de amigas. Nosso relacionamento de amizade é pura energia.

Amizade de mulher é troca de emoções, de carinho, afeto e muita cumplicidade. Não vou generalizar, acho até que homens podem ter relacionamentos desse tipo, mas isso não é a regra, está mais para as exceções. Por isso, a gente se envolve tanto, acabamos criando um vínculo estreito. É só ver a facilidade com que contamos nossos mais secretos segredos, entre amigas – eu sou assim – se eu escolhi uma pessoa para ser minha amiga, não vejo o porquê ser de outra forma. Sou intensa e profunda.

Mas nem tudo são flores em se tratando de amizades femininas. Uma amizade hoje pode virar inimizade amanhã. Triste, porém verdadeiro. Então, como distinguir entre investir nosso tempo, energia  e nossa amizade com alguém?! simples, usando a nossa boa e infalível intuição. Intuir é olhar para dentro. É acreditar em nós.

Já quebrei a cara várias vezes com amigas, agora tento agir de outra maneira. Não dispenso mais energia para conflitos, prefiro agir de uma maneira bem menos belicosa. Não preciso romper, mas posso me afastar. Por que amizade boa daquelas verdadeiras, fazem bem pra saúde, elas produzem uma grande quantidade de ocitocina, substância que acalma e reduz o estresse. Quem tem amigas vive mais e muito melhor, então não dá pra gente perder tempo com quem não é amiga da gente, né?!

Siga a sua intuição, não duvide dela, acredite no que a sua mente conta para o seu íntimo. Seja uma boa amiga, brinde à amizade verdadeira sempre. Seja cúmplice.

Com amor, para TODAS as minhas amigas <3!!!

Categorias: Comportamento
Publicado por Lu Mich

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *