Nem só de Kilt vive a Escócia

Chegando aqui em Edimburgo reparei que em qualquer loja, desde as mais simples até as mais sofisticadas, todas tinham as botas Hunter na vitrine.

Foi então que eu resolvi pesquisar e acabei descobrindo o mistério para todas as minhas elocubrações no próprio site da marca.

A história da Hunter começa em 1817, com o duque de Wellington solicitando um novo estilo de bota, um empresário norte-americano se estabelecendo em solo escocês, passa por duas Guerras Mundiais e chega aos dias de hoje com uma nova reestruturação da empresa alavancando as vendas em 85% em 2007.

Todo o sucesso das botas Hunter se dá pela releitura fashion da marca, que agregou informação de moda a uma simples galocha.

É um charme a possibilidade de troca das meias de várias cores, estampas que são ideais para os dias de frio e chuva, principalmente porque nelas não entra uma gotinha de água.

Desde que comecei a minha viagem, as minhas vêm me acompanhando em vários momentos, não consigo tirá-las dos pés.

Look Hunter

lumich

LuMich veste: cashmere Ballantines, legging Solo, casaco Fratelli Rossetti, echarpe Alpaca111, meia e bota Hunter

Fotos: DQZ by LuMich e Reprodução

Look Hakkasan

Depois de falar das maravilhas do restaurante Hakkasan de Londres, o visual também precisava estar caprichado e a altura de um lugar daqueles.

Por isso, aqui vai o look do Hakkasan (meu e da Cora).

LuMich veste:

Vestido de la NKStore, jaqueta de couro Burberry, bota Daslu e colar 3:AM.

 Look Cora

Cora veste:

Legging Daslu, Camiseta e casaco Burberry e bota Hunter.

Fotos: DQZ by LuMich