TIMELESS TARTAN

A moda vai e volta, claro que a cada temporada ela se renova, o que foi um dia marcado por uma tendência, na próxima vez voltará reeditado, caso contrário seria apenas uma cópia.

Ultimamente, quem anda dando sinais de que irá voltar com tudo, é o TARTAN. Aquele tecido xadrez, que imediatamente nos remete aos escoceses, homens fortes vestidos de saias e tocando gaita-de-fole.

Mas, na moda ele é usado de diferentes maneiras. Afinal, quem não se lembra do icônico vestido criado pelo genial estilista Alexander McQueen, usado pela it fashionista, a atriz Sarah Jessica Parker?!

Recentemente, o kaiser da moda Karl Lagerfeld, foi à Escócia lançar sua nova coleção – Chanel Metiers d’Art 2012/13, recheada de tartan de todos os clãs.

Lagerfeld, disse – “Eu gosto dessa emoção”, se referindo ao fato do desfile ter acontecido nos jardins do Palácio de Linlithgow.

E ainda, afirmou – “I love Mary Queen of Scots and I love Scotland” “I’ve been working the whole time but I like what I’ve seen from my hotel window. The city looks very beautiful. But you know I’m not a tourist. I’m not into sightseeing. I like how I think a place is. I don’t have to see what it actually is”.

Ou seja, nada de turismo, só trabalho!!

O desfile na íntegra:

E para provar, que o que sai das passarelas vai para as ruas, aqui estão algumas fotos de quem já aderiu a esse revival.

Love, LuMich

Fotos: Reprodução

Nem só de Kilt vive a Escócia

Chegando aqui em Edimburgo reparei que em qualquer loja, desde as mais simples até as mais sofisticadas, todas tinham as botas Hunter na vitrine.

Foi então que eu resolvi pesquisar e acabei descobrindo o mistério para todas as minhas elocubrações no próprio site da marca.

A história da Hunter começa em 1817, com o duque de Wellington solicitando um novo estilo de bota, um empresário norte-americano se estabelecendo em solo escocês, passa por duas Guerras Mundiais e chega aos dias de hoje com uma nova reestruturação da empresa alavancando as vendas em 85% em 2007.

Todo o sucesso das botas Hunter se dá pela releitura fashion da marca, que agregou informação de moda a uma simples galocha.

É um charme a possibilidade de troca das meias de várias cores, estampas que são ideais para os dias de frio e chuva, principalmente porque nelas não entra uma gotinha de água.

Desde que comecei a minha viagem, as minhas vêm me acompanhando em vários momentos, não consigo tirá-las dos pés.

Look Hunter

lumich

LuMich veste: cashmere Ballantines, legging Solo, casaco Fratelli Rossetti, echarpe Alpaca111, meia e bota Hunter

Fotos: DQZ by LuMich e Reprodução