Com tantas Semanas de Moda pelo mundo, não é que uma das maiores blogueiras fashionistas escolheu logo agora o Brasil para visitar.

Na contra-mão da onda, YOANI SÁNCHEZ deu o ar da graça vestida de forma casual. Os insultos dos invejosos de plantão durante a sua chegada não abalaram sua alto estima, afinal em cima de um salto 15 qualquer uma se sentiria superior a plebe.

Ela chegou e logo abalou geral, acusada por uma parte da mídia de “It girl” sem consciência social, afinal no seu país ela frequenta a praia, toma cerveja e come bananas, vejam que absurdo consumista capitalista da garota cubana.

YOANI por onde passa lança tendência, a sua mais nova não é nenhuma marca nova, estilista em ascensão ou bolsa do momento, e, é sim, a tal famosa da LIBERDADE.

Liberdade esta que anda totalmente out em seu país CUBA, mas como YOANI gosta de chocar, obviamente sua nova moda só poderia ser contra as convenções da ilha.

Como uma menininha mimada, ela insiste no contrário, anda agora pelo mundo depois de anos sem autorização para frequentar as Semanas de Moda se lambuzando com tanto sucesso.

Como diria George Bernard Shaw ” Liberdade significa responsabilidade. É por isso que tanta gente tem medo dela”, será por isso o motivo pelo qual o seu país sempre a impediu de palpitar sobre moda pelo mundo afora?!

E a sua última moda?! lançar um blog cheio de referências, chamado Geração Y.

Ela ainda explica o nome do blog ” inspirado em pessoas como eu, com nomes que começam ou contem um ípsilon. Nascidos na Cuba dos anos 70 e 80, marcados pelas escolas rurais, bonequinhos russos, saidas ilegais e frustração. Assim é que convido especialmente Yanisleidi, Yusimí, Yuniesky e outros que carregam seus ípsilons para que me leiam e me escrevam.

Imaginem, se a moda pega e as mulheres cubanas de A a Z resolvem ter opinião sobre a sua própria VIDA e saem por aí criando blogs ?!

YOANI SÁNCHEZ não é fashionista, é uma ativista pelos direitos humanos em Cuba, após anos sem poder sair da ilha de FIDEL, ela agora parte em visita por vários países levando na bagagem as histórias de quem vive em um regime totalitário, cruel e tirano.

Em 2007 foi eleita pela revista TIME uma das 100 pessoas mais influentes do mundo. Autora do livro “De Cuba com carinho”, onde conta a sua vida cotidiana na ilha, Yoani é uma referência sem dúvida alguma, além é claro de uma grande BLOGUEIRA.

Fotos: Reprodução

Categorias: Comportamento
Publicado por Lu Mich

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *