Não dá pra conhecer Londres sem tomar o verdadeiro CHÁ DA TARDE, não é mesmo?! por isso, lá fomos nós para o RITZ.

Antes porém, devo dizer que esse negócio de de tomar chá da tarde, não é uma invenção inglesa, e sim portuguesa, e, é claro foi criada por uma mulher – Catarina de Bragança – uma princesa que após se casar com Carlos II da Inglaterra, trouxe a sua tradição para o seu novo lar, tornando assim uma das mais famosas tradições inglesas.

490px-Catherine_of_Braganza_-_Lely_1663-65

Porém, quem criou o hábito dessas “Tea Parties” foi Anna Russell, a sétima Duquesa de Belford e por uma simples razão.

Sabe a larica fome que todas nós mulheres temos no final da tarde, fome esta que leva qualquer dieta a ruína, certo?!

Pois é, a culpa é toda da taxa de glicose e da serotonina que caem durante este período do dia, isso fazia também com que a bela duquesa quase morresse de fome até a hora do jantar.

lulu

Informações técnicas à parte, vamos as guloseimas…

Cheguei na hora marcada, afinal estamos em Londres. Assim, que você se senta, imediatamente os garçons começam a servir.

Primeiro começam pelos sanduíches, vários sabores o que faz você obviamente experimentar todos. Em seguida chegam os famosos scones – uma espécie de bolinho ou pãozinho – servido com manteiga e geléia.

Por fim, os doces ou pasterries – são vários de todos os tipos e sabores, isso sem contar com os bolos.

Conclusão, você sai rolando literalmente do salão de chá – inevitável.

Cópia de PicFrame 2

Agora, se você gostou da ideia de tomar um Chá da Tarde verdadeiramente inglês, preste atenção para as regras sobre a sua vestimenta.

Sem título

Com essas exigências, eu fui bem como posso dizer, certinha.

PicFrame

Fotos: DQZ e Reprodução

 

Categorias: Viagens
Publicado por Lu Mich

Posts relacionados

  • Chá das cinco em Londres
    Ir para Londres e não tomar o famoso chá das cinco como os ingleses, é o mesmo que ir a Bahia e não comer uma acarajé (aí, que vontade)!! Por isso, resolvi experimentar o charmoso chá das cinco do... Continue lendo
Comentários
  1. Ana | Responder
    • Luciana Micheletti | Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *