choco_-622x219

Musical pra mim tem que ser ao vivo, caso contrário prefiro não ver – meu último musical no cinema foi Os Miseráveis, uma verdadeira sessão de tortura interna, onde uma parte de mim queria abandonar o filme e a outra não admitia a derrota de não chegar até o final – por isso, decidi assistir o fofíssimo “A Fantástica Fábrica de Chocolate” ao vivo e a cores…e não me arrependi.

DICA: eu sempre compro os meus ingressos no dia, passo nas lojas de tickets e escolho o musical. Não gosto de me programar com antecedência em viagens, sem contar os descontos que geralmente são muito bons.

Primeiro vou contar a minha pequena saga pra conseguir assisti-lo. Como o meu hotel ficava ao lado da área dos teatros, achei que já dominava Londres e resolvi ir a pé. Ledo engano, porque no meu ponto de vista geográfico, o teatro deveria ficar à minha esquerda, só que na realidade ele ficava à direita.

Screen Shot 2013-07-08 at 1

Conclusão, os trinta minutos que se sucederam foram de verdadeiro pânico. Vocês podem me perguntar “mas porque você então não pegou um taxi?!” eu até tentei e cheguei a entrar em um, quando gentilmente o taxista me disse “acho melhor você ir a pé, são apenas 5 minutos, esse trânsito não anda”.

Meu desespero só aumentava e a cada informação que eu pedia, acabava mais confusa ainda sem saber em qual direção realmente ir, essa região é lotada de teatros e mais se parece com um labirinto.

7:25 finalmente eu consegui chegar nos fundos do THEATRE ROYAL DRURY LANE –  milagrosamente e pontualmente às 7:30 eu estava sentada (ainda que toda esbaforida).

* Apesar do teatro se chamar Drury Lane, ele fica na Catherine Street.

PicFrame

Enfim, o espetáculo foi maravilhoso, o cenário é deslumbrante, mas o que mais chamou a minha atenção foram os efeitos especiais, simplesmente MUITO especiais.

showbiz-charlie-chocolate-factory-production-stills-1

showbiz-charlie-chocolate-factory-production-stills-2

Charlie and the Chocolate Factory

showbiz-charlie-chocolate-factory-production-stills-3

Fotos: Reprodução

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *