Depois de uma viagem tão especial, como essa, o que ficam são as lembranças. Como blogueira, meu trabalho é relatar tudo de bom que eu vi e vivi, por isso às vezes a tarefa de escolher o que escrever no blog, se torna tão difícil. Ainda mais quando o tempo passa, e o post demora mais do que eu gostaria.

Aí, preciso puxar pela memória, pelas fotos e então, saio escrevendo. Quando o passeio foi bom, o post vem naturalmente, esse é um daqueles, veio fácil. Como não lembrar, do meu primeiro passeio de balão?!

Tudo começou assim, acordamos muito cedo, quando eu digo cedo é cedo. Tipo 4 horas da manhã. Nada de café de manhã, não tem tempo e muito menos o restaurante do hotel está aberto a essa hora. Seguimos de van para um lugar descampado, onde várias empresas de balões se juntam, para os passeios do dia.

Recebemos as instruções do voo, conhecemos nossa balonista pilota e seguimos para o nosso balão, que foi devidamente pesado, os seja previamente passamos o número do nosso peso/quilos, para que todas as passageiras não ultrapassem o peso permitido. Vixe, imagina engordar na viagem?!

IMG_8776

Enfim, subimos. Um certo desconforto para algumas entrarem naquele cesto, mas nada que uma pequena ginástica dê conta da entrada. Começa aquele fogaréu, ele vai aumentando, até que o balão começa a subir. Que sensação boa, no começo uma certa agitação, vontade de fotografar tudo, sem parar, depois a vontade vai passando e a paz vai entrando. Nada mais de ficar tirando fotos ou fazendo selfies.

Untitled

Olhem que legal, os ajudantes eram todos uniformizados, vestindo o agasalho do Brasil

IMG_8772

Todas devidamente pesadas e magrinhas (obviamente), prontas para a viagem!

As passageiras: LuMich, Paula, Sil, Val, Virginia, Ia, Ice e Cris

IMG_4002

O passeio começa…o sol vai saindo de mansinho…

IMG_8784

IMG_8794

IMG_8815

IMG_8804

IMG_8809

IMG_8814

IMG_8782

Fotos: DQZ by LuMich

Categorias: Viagens
Publicado por Lu Mich

Posts relacionados

  • Vamos para Kakku?!
    É longe, muito longe, mas certamente vale a pena. Conhecer Kakku é uma aventura, em todos os sentidos. A logística parece maluca, mas funciona: barco, ônibus de turismo e lá se vão umas 3 horas (aproximadamente), até o nosso... Continue lendo
  • Japão
    Acabei de voltar do JAPÃO e nestes quase 20 dias de viagem, duas características me impressionaram muito por essas terras nipônicas; a eficiência e a gentileza. Tudo funciona perfeitamente, milimétricamente sempre conduzidos por um povo dedicado, que costuma curva-se... Continue lendo
  • Um mar de pagodas – Yangon
    Quando você viaja para um país novo, tudo é novidade, não é mesmo?! depois de alguns dias viajando pela Ásia, tive certeza, que esta seria a viagem das Pagodas e dos Budas. Não consigo me lembrar, quantos de cada... Continue lendo
Comentário
  1. Marcio Henrique | Responder

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *