Há exatos 7 dias atrás, durante a Semana de Moda em PARIS, um dos desfiles da estação Spring 2014, do estilista RICK OWENS causou sensação, não propriamente dito pelas roupas, mas sim, pela performance energética e cheia de caras feias das “modelos”.

Não deixe de assistir o vídeo!!!

Aliás, você já ouviu falar em STEP-DANCING?!

Vou tentar explicar, o step-dancing é uma forma de dança forte, marcante onde todo o corpo é utilizado para produzir sons e ritmos através de palmas, passos e palavras (gritos). Essa dança lembra aquelas formações militares duronas, misturadas aos elementos da cultura africana, juntando outros tipos de danças como o sapateado, break dance e ainda, abusando um pouco de algumas acrobacias.

No caso do desfile de Owens, ele convidou 40 mulheres negras (na sua maioria) de quatro diferentes grupos de step: The Whashington Divas, The Zetas, Soul Steppers e Momentums, para CAUSAR no desfile.

Sem título

Para participar desse tipo de performance é imprescindível, fazer MUITA cara feia para intimidar o grupo rival.

Sem título

“It’s such an American phenomenon. I was attracted to how gritty it was, it was such a fuck-you to conventional beauty. They were saying, “We’re beautiful in our own way.”

E como disse Rick Owens “Nós somos bonitos da nossa maneira” ou seja, gorda, magra, negra, branca, dentro ou fora dos padrões, o importante é dar um foda-se para a beleza convencional, aquela que parece fazer parte apenas das capas de revistas de moda.

Sem título

Sem título

Sem mais…

Fotos: Reprodução

Posts relacionados

  • Ghesquière para Vuitton
    Quando Nicolas Ghesquière após 15 anos como diretor criativo deixou a Balenciaga, um suspense surgiu no ar e todos se perguntavam “O que vai acontecer com Nicolas?!”. Este mistério foi revelado apenas alguns meses atrás, depois que outro estilista... Continue lendo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *