DQZetes falando em causas politicamente ecológicas, para ser honesta o meu envolvimento não passou de uma filiação ao PETA e ao fato de parar de comer foie gras  – termo que em francês significa ” fígado gordo” – é o fígado de um pato ou ganso que foi super-alimentado.

Mas, o que isso tem haver com um blog de moda e afins?! Estou em Nova Iorque e acabo de comprar minha primeira bolsa da estilista Stella Mc Cartney, conhecida por ser uma eco friendly  fashion.

Fiquei surpresa, ao descobrir que a minha bolsa não é feita de couro de píton e sim de materiais vegetais, criados através de alta tecnologia.

Olhando para a bolsa, você certamente desconfiará, que várias cobrinhas foram escalpeladas para eu andar toda façeira pelas ruas de Nova Iorque — quando na verdade, estou super eco friendly também.

Sinceramente, daqui para frente, passarei a observar muito mais as causas ecológicas na moda e fora dela.

My Stella Falabella Tote

Look ECO FRIENDLY

1˚look

Calça Seven

Camiseta Urban Outfitters

Jaqueta de couro Burberry

Bota Prada

Óculos Louis Vitton

2˚ look

Legging Daslu

Camiseta de manga longa Banana Republic

Echarpe Banana Republic

Casaco Banana Republic

Bota Prada

Fotos: DQZ

Posts relacionados

  • SPFW – look conforto & estilo
    Como é difícil escolher um look para ir ao São Paulo Fashion Week. Você sempre fica na dúvida entre o conforto & estilo, ou seja, arrisca ir com aquele salto ou preferi aquela sapatilha. A verdade é que não... Continue lendo
  • 10 anos de Cris Barros
    Foi com um super desfile que a estilista Cris Barros, comemorou ontem no Hotel Unique, sua primeira década a frente da sua marca homônima. Ao som do  rock grunge do Nirvana, o desfile foi eletrizante, literalmente, luzes de neon... Continue lendo
  • O talento de Martha Medeiros
    Martha Medeiros herdou da avó, professora de arte, a paixão  pelo artesanal, e seu trabalho se diferencia por resgatar o luxo das tramas feitas à mão. Para cada peça são horas de trabalho manual, fio a fio, unidos a técnica... Continue lendo
Comentário
  1. Marisa Carvalho | Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *