A atriz Clara Bow foi a primeira it girl da história — este termo foi criado pela romancista e roteirista Elinor Glyn que descrevia algo a mais em uma mulher, além é claro de muito carisma, elegância, inteligência, finesse, charme e educação.

Toda it girl que se prese usa todas as informações de moda a seu favor, sabe o que lhe cai bem e é referência de estilo para as outras. Seu visual muitas vezes está inserido no estilo Hi-Lo, ou seja, não é preciso estar montada 100% em grifes para ser uma bem sucedida it girl, basta misturar o Hi com marcas mais ascessíveis, como as  fast-fashion ou os brechós.

Mas, na verdade, nada disso adianta se não existir o “it“: uma verdadeira it girl é aquela que sempre que chega tem uma novidade, seja no jeito como prendeu o cabelo, na combinação das cores, nos detalhes dos acessórios ou, até mesmo, na simplicidade de um outfit. São pessoas que provocam a nossa admiração e são imitadas por onde vão.

Coco Chanel,  a eterna it girl, dizia que “Para ser insubstituível na vida você precisa ser diferente”. Seguindo esse ditado sábio, só posso dizer que ser uma it girl é muito mais do que ter um armário repleto de roupas maravilhosas e, sim, um jeito especial de ser e de tratar os outros!

A primeira de todas, Clara Bow – 1927

Carmen Miranda brilhou e encantou com seu jeitinho it

jackie Onassis e seus óculos enormes

Grace Kelly, só uma verdadeira it pode ter uma bolsa com seu  próprio nome

Siena Miller  e seu estilo Hi-Lo

Blake Lively é a gossip “it”girl 

Didi Wagner, a nossa it girl

Olivia Palermo, a personificação da It Girl

Fotos: Reprodução

Posts relacionados

  • Moda plural
    Nada mais chamou a atenção das pessoas que circularam na semana passada pela Marina da Glória, na Fashion Rio, do que duas personalidades que desfilaram pela marca de roupas Ausländer. Andrej Pejic, 19 anos, considerado um modelo andrógino, meio menino, meio menina,... Continue lendo
  • Chapéu — to wear or not to wear?!
    That is the question?!! Por que, aqui no país abençoado por Deus e bonito por natureza usamos tão pouco chapéus?! e não vale contar a praia, porque isso é óbvio. O fato é que sempre que qualquer pessoa (não... Continue lendo
  • Runway & Real life
    Nas semanas de modas espalhadas ao redor do mundo, podemos ver as modelos deslumbrantes, magérrimas, super produzidas desfilando por todos os lados. Mas e, na vida real ?! Como ficamos nós, simples mortais, vestindo essas roupas maravilhosas?! Será que  realmente... Continue lendo
Comentário
  1. FeDecourt | Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *