Todo mundo sabe que Londres é uma cidade muito cara, e isso é verdade, mas será que dá pra fazer compras por lá sem desmaiar ao voltar das suas férias, assim que a fatura do cartão de crédito chega?!

Jornada da Pechincha
IMG_9812

Por isso, tirei o dia pra gastar sola de sapato em Londres, como o meu hotel fica em uma parte bem central, ao lado da Trafalgar Square, comecei minha investigação jornada por ela.

Segui andando até chegar na Regent Street (paraíso consumista pra qualquer fashionista), como apesar de ser verão em Londres o tempo estava frio – por volta de 15 graus – precisei comprar um pullover e foi na Forever 21 que eu escolhi o meu com estilo militar.

Os preços nesta época do ano estão ótimos, todos na sua grande maioria em liquidação, mas não se esqueça que a conta é em libra, quase 4 vezes o valor em reais.

Esse pullover custou 15 libras = 54 reais. Valeu.

IMG_9821

Outra loja que eu já conhecia, mas que poucos ainda conhecem é a Pull & Bear, uma loja de fastfashion espanhola que foi onde eu encontrei as minhas calças destroyed por um preço absurdamente barato.

Eu já tinha passado pela famosa loja de departamento Selfridges e visto o preço dessas calças – por volta de 250 libras – o que exatamente custaria aos meus bolsos – R$ 900, 00 reais – mas, com a minha pechincha do dia, eu paguei apenas 25 libras = 90 reais. Valeu.

IMG_9836

E o mais legal dessa pechincha foi ter comprado não só uma, mas duas calças destroyed – uma bem destroyed que eu mostro aqui e a outra que eu deixo para o próximo post.

IMG_9867

IMG_9889

E o Look Pechincha tem mais uma boa compra, que pra mim serve como uma peça curinga – parca da Forever 21 por 15 libras = 54 reais. Valeu.

IMG_9895

Ps: comece sua jornada da pechincha pela Regente Street até chegar na Oxford Street, é lá que se concentram as lojas de fastfashion.

Fotos: DQZ

Categorias: Viagens
Publicado por Lu Mich

Posts relacionados

  • 24 horas em Londres
     10:00 horas Acordar e tomar café da manhã no Starbucks em frente ao hotel. Das 11:00 à 1:00 hora Depois de dias andando muito pra cima e pra baixo em Londres, hoje eu me dei ao luxo de descansar... Continue lendo
  • Patrícia Beck — criadora de caveiras, ossos e chifres
    É muito bom quando você descobre uma loja, um estilista e agora uma jewelry design que combina com você — eu descobri a minha. Patrícia Beck deixou a Europa, onde trabalhava com moda, para voltar a São Paulo (em... Continue lendo
  • Meu Look, meu Ano Novo…
    Para inaugurar o meu primeiro post do ano, vou apelar para a minha recente nostalgia, falando sobre o meu look do ano passado. Aqui em Londres, começamos a comemorar jantando no Massimo, restaurante italiano, onde a comida estava deliciosa,... Continue lendo
Sem Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *