Martha Medeiros herdou da avó, professora de arte, a paixão  pelo artesanal, e seu trabalho se diferencia por resgatar o luxo das tramas feitas à mão.

Para cada peça são horas de trabalho manual, fio a fio, unidos a técnica de modelagem e estilos adquiridos com sua formação em moda.

Aproximadamente 250 mulheres, organizadas em cooperativas de rendeiras em pequenas cidades, às margens do Rio são Francisco, em Alagoas, estão envolvidas no processo de confecção de rendas como a Renascença, a mais tradicional de todas, além de outras técnicas como: filé, richilieu, bilro e a delicadíssima renda Boa Noite, hoje confeccionada apenas na Ilha do Ferro, no meio do São Francisco, a 320 km de Maceió.

Martha se inspira na delicadeza da renda, criando peças que são verdadeiras obras de arte. Ela utiliza as técnicas de costura mais sofisticadas, completando com horas de trabalho manual, a fim de assegurar a cada peça um acabamento perfeito.

Junto à renda renascença brasileira, apenas os mais nobres materiais são usados em peças de vestuário, tais como musseline de seda, tule e renda francesa, barbatana de silicone alemã e crinol suíço.

Coleção Nova Iorque

Coleção Renascença

Coleção Alagoas

Fotos: Reprodução

Categorias: Moda
Publicado por Lu Mich

Posts relacionados

  • Gloria Sachs & Pants
    A estilista Gloria Sachs, faleceu esta semana aos 85 anos, em plena atividade fashionista – promovia um intercâmbio entre alunos da China e de Nova Iorque. Inventora da calça capri, recebeu este nome em homenagem ao balneário italiano. O... Continue lendo
  • Vogue Itália de junho traz modelos plus size na capa
    A Vogue é uma publicação de moda muito renomada em todos os países onde é editada, praticamente a Bíblia da moda. E moda também é responsabilidade. Depois do assunto ‘anorexia’ ter sido exaustivamente trazido à tona, a edição italiana... Continue lendo
  • Saia Plissada
    A saia plissada é a nova coqueluche do momento. Ela pode ser longa, varrendo o chão, ou curta, na altura do joelho. É uma peça muito feminina, podendo ser usada de várias maneiras, desde uma produção mais básica até... Continue lendo
Comentário
  1. micbrazil | Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *