Hoje é meu aniversário e, como boa leonina dramática que sou, adoro festas, presentes e muita formosura. Esse ano não vou dar festa e sim viajar com o Beto, vamos para o Pantanal – depois conto as novidades fashionistas de lá – E para entender o que se passa na cabeça de uma blogueira apaixonada por moda, teatro, viagens, etc… vou dar algumas dicas sobre o meu jeitinho com uma breve descrição astrológica e porque não, umbandista.

Sou do signo de Leão:

” Um filho do Sol tinha que ser carismático, orgulhoso, de forte presença e… belo, de preferência.

Existe em você um sentimento natural de nobreza, por vêzes até de altivez.
De uma forma ou de outra, o negócio é irradiar sua estrêla.

De natureza extrovertida, ambiciosa e de muita força de vontade, por vezes chega a ser voluntarioso.
Você busca cultivar também, nobreza de caráter e sabe ser tremendamente generoso.
Em contrapartida, é suscetível às críticas e orgulhoso.

Adora frequentar lugares refinados, participar de eventos culturais. Frequentemente, são pessoas com dom artístico.

O leonino rebuscado sabe ter uma ótima presença de palco.

Assim como gosta de irradiar, está sempre em busca do calor da vida, do viver intensamente, daàsua passionalidade , sua sede dos prazeres e o livre fluir da expressão criativa.
Seu signo simboliza o poder da força de vontade sobre a força instintiva.

E sua busca é a da grandeza de manifestação da qual é capaz movido pela intensidade do desejo humano.

Bravura e coragem são umas das palavras prediletas do leonino “.

Sou filha de Oxum:

” Dona das águas. Senhora da fertilidade, da gestação e do parto, cuida dos recém-nascidos, lavando-os com suas águas e folhas refrescantes. Jovem e bela mãe, mantém suas características de adolescente.
Cheia de paixão, busca ardorosamente o prazer. Coquete e vaidosa, é a mais bela das divindades e a própria malícia da mulher-menina. É sensual e exibicionista, consciente de sua rara beleza, e se utiliza desses atributos com jeito e carinho para seduzir as pessoas e conseguir seus objetivos.
Quando olorun estava criando o mundo, escolheu Oxum para ser a protetora das crianças. Ela deveria zelar pelos pequeninos desde o momento da concepção, ainda no ventre materno, ate que pudessem usar o raciocínio e se expressar em algum idioma. Por isso, Oxum é considerada o orixá da fertilidade e da maternidade.
Por sua beleza, Oxum também é tida como a deusa da vaidade, sendo vista como uma orixá jovem e bonita, mirando-se em seus espelhos e abanando-se com seu leque “.

I Love…

Eu amo minha família, praia, viajar, bolsas, Fernanda Montenegro, teatro, cupcake, minhas amigas, Woody Allen, Nova Iorque, moda, Van Halen,  meus cachorros, Caetano Veloso,  livros, orquídea branca, etc…

E só tenho a agradecer tudo de maravilhoso que tenho nessa vida !!

Fotos: Reprodução.


Categorias: Comportamento
Publicado por Lu Mich

Posts relacionados

  • Quarteirão da pechincha
    Andar pela quinta avenida em Nova Iorque pode dar depressão, eu sei, lojas que são o sonho de consumo de 10 entre 10 mulheres do planeta, diante dos olhos. Imagina entrar na Tiffany e sair com um solitário de... Continue lendo
  • Diário de Viagem – Barcelona
    Como vocês puderam ler no blog, ontem foi o meu aniversário de 40 anos… E para comemorar em grande estilo diretamente das terras Catalãs, eu não poderia escolher outro restaurante, a não ser o DOS CIELOS. Claro, que eu... Continue lendo
  • Leopard Shirt
    Hà um tempo atrás, eu tinha duas camisas no meu closet, uma branca e outra preta, estrategicamente básicas. Recentemente, eu nunca imaginei que elas fariam parte dos meus looks e principalmente, que eu pudesse me aventurar a usá-las em... Continue lendo
Comentários
  1. Adriana | Responder
    • LuMich | Responder
  2. FeDecourt | Responder
    • LuMich | Responder
  3. patsy | Responder
    • LuMich | Responder
  4. Beto | Responder
  5. beca | Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *