A minha primeira pergunta ao entrar numa loja em Barcelona com iluminação intimista, sóbria e um espaço quase claustrofóbico, foi: “por que o nome 2046?”

Imaginem então minha enorme surpresa com a explicação, nada de numerologia ou datas especiais, mas sim o nome de uma “película” — filmado em Shanghai, 2046 faz parte da trilogia escrita e dirigida por Wong Kar-wai.

Da sétima arte aos exclusivos sapatos, os donos Emilio e Teresa inauguraram a loja em abril de 2006 e, desde então, trabalham com nomes importantes como: Pierre Hardy, Patrick Cox, Barbara Bui e outros.

Emilio é um artesão à moda antiga, muito dedicado ao seu ofício, seus sapatos são realmente feitos à mão — ele me contou — e levam de 50 a 80 horas, dependendo do sapato, para ficar prontos.

Os sapatos primam pela qualidade e beleza e, pra quem, como eu, tem a difícil tarefa de acertar no presente do marido exigente, a loja não decepciona. Também existem modelos para nós mulheres.

O preço por tanta dedicação e exclusividade não é barato, variando entre € 350 e € 950 para os modelos feitos à mão. Se estiver passeando por Barcelona… 2046 vale a visita!

2046 Shoes
Via Augusta 14
Plaça de Narcis Oller
08006 Barcelona
www.2046shoes.com

Este é o Emilio.

emilio

Este é seu trabalho.

trabalho

Fotos: DQZ

Categorias: Barcelona, Viagens
Publicado por Lu Mich

Posts relacionados

  • A DREAM — Adriana Barra
    Essa semana eu fui conhecer  A.FARRA, a segunda linha de roupas da estilista Adriana Barra, mais barata e não menos estilosa. Mas, é impossível começar este post sem antes falar da casa ou melhor do casarão dos anos 40... Continue lendo
  • SPFW — segundo dia
    DIA 14/06 12:00 – Reinaldo Lourenço 15:30 – Movimento 16:30 – Alexandre Herchcovitch (fem) 17:30 – Cori 19:00 – Iódice 20:15 – Jefferson Kulig 21:30 – Triton Reinaldo Lourenço e sua inspiração nas divas dos anos 50. Movimento: as... Continue lendo
  • Berlim – Boros collection
    Passar o Ano Novo no Portão de Brandemburgo com sua família não tem preço (acho que isso é de alguma propaganda?!!) mas, o melhor foi descobrir a cidade de Berlim. Ficamos encantados pela cidade, que exalava história por todos... Continue lendo
Comentários
  1. Emilio | Responder
  2. Regina Carvalho | Responder
  3. Cora Nina | Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *