Acabei de voltar do JAPÃO e nestes quase 20 dias de viagem, duas características me impressionaram muito por essas terras nipônicas; a eficiência e a gentileza. Tudo funciona perfeitamente, milimétricamente sempre conduzidos por um povo dedicado, que costuma curva-se para sorrir e agradecer, sorte a minha ter vivenciado um pouco dessa cultura milenar, onde a história é marcada pelo esforço, guerras e superação.

A partir de agora, conto um pouco do que vi e vivi nos meus próximos posts no DQZ.

A Tarefa não será fácil, afinal além das várias cidades que eu passei, dos muitos templos que eu conheci e de todos os restaurantes em que eu comi peixe-cru, o saldo final foram de 1.000 fotos aproximadamente, onde eu e minha câmera a tiracolo trabalhamos juntas. Escolher as melhores fotos para ilustrar cada post, requer muito desprendimento em abandonar outros tantos bons momentos capturados.

Enfim, os trabalhos estão abertos. Espero que gostem dessa viagem e viagem comigo.

Vamos começar com algumas fotos de TOKYO e meus primeiros passos pela cidade.

Japão - DQZ - 1 Japão - DQZ - 2 Japão - DQZ - 3

Japão - DQZ - 4 Japão - DQZ 5 Japão

Japão - população - DQZ

Japaão - DQZ 6 Japão - DQZ - 10 Japão - DQZ 7

Japão-DQZ-8--620x439

japão - moeda & dinheiro - DQZ

Japão- DQZ - símbolos Japão - DQZ 9

Fonte: Mundo-Nipo.com

Fotos: DQZ

Posts relacionados

  • Bugigangas made in Japão
    Quantas bugigangas você costuma trazer de uma viagem?! eu até que tentei me controlar, mas realmente o Japão não fica aqui na esquina, vai saber se um dia eu vou voltar, né?! por isso, não deixei por menos, sai... Continue lendo
  • Japão – Street style
    Nada mais diferente e distante do que fazer um Street style by Japão — devo dizer pelas fotografias que as japonesas têm muito estilo e personalidade, elas misturam e criam looks muito originais, toda a conduta rígida japonesa se... Continue lendo
  • Sinto muita falta {das massagens} do Japão
    Quem curte reflexologia?! esse post é pra você. Quando eu viajei para o Japão, fiquei viciada em fazer massagens nos meus pés. Logo no segundo dia, eu resolvi testar uma, não preciso dizer que ela passou a fazer parte... Continue lendo

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *